logo

Roda de Conversa Poética com Zacarias Martins movimenta estudantes de Dueré

Sempre contando com o apoio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Dueré, e colocando em prática mais uma ação contemplada no seu Projeto Político-Pedagógico para 2019, a Escola Municipal Cecília de Araújo Melo, abriu oficialmente, na manhã desta segunda-feira (13), as atividades que compõem o Projeto de Leitura e Escrita: a Leitura faz a diferença, já preparando os seus alunos para a competição na 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa.

A abertura do evento aconteceu pela manhã, no plenário da Câmara Municipal da cidade, e teve como convidado especial o poeta e jornalista Zacarias Martins, titular da Academia Tocantinense de Letras, que apresentou aos alunos, sua já tradicional Roda de Conversa Poética, e falou sobre a importância do hábito da leitura na vida das pessoas. À tarde, foi a vez dos alunos do vespertino conhecerem um pouco do universo poético desse poeta tocantinense e receberem dicas de produção textual, especialmente, ligadas à poesia.

Prestigiando o acontecimento, a secretária de educação e Cultura de Dueré, Zorionária da Silva Matos Carvalho, lembrou que o hábito da leitura é de grande importância para a vida profissional e social das pessoas, uma vez que a leitura e a escrita são essenciais para um processo de ensino-aprendizado satisfatório, pois é por meio da leitura que se abrem novos horizontes e torna-se possível entender e aprofundar conhecimentos sobre o mundo, até atuar nele efetivando seu papel como cidadão.

Já a gestora da escola, Zilma Leal Telles, explicou que esse projeto tem por objetivo formar alunos capazes de usar adequadamente a língua materna em suas modalidades escrita e oral, e refletir criticamente sobre o que leem e escrevem.

Ainda de acordo com a gestora, o Projeto de Leitura e Escrita: a Leitura faz a diferença foi planejado por uma equipe de educadores empenhados em disponibilizar aos alunos de Dueré uma educação pública de excelência, tendo a preocupação de trabalhar todas as leituras que se apresentam no dia-a-dia, a fim de que os alunos possam ver a leitura não como uma tarefa escolar, mas como um hábito cotidiano e prazeroso.

“Neste sentido pensamos ser dever, de nossa instituição de ensino, juntamente com professores e equipe pedagógica propiciar aos nossos educandos momentos que possam despertar neles o gosto pela leitura e escrita, o amor ao livro, a consciência da importância de se adquirir o hábito de ler”, finalizou Zilma Leal Telles.

Dando sequência ao projeto, no dia 16 será trabalhado com as turmas do 3º ao 5º ano roda de leitura com livro Marcelo, Marmelo, Martelo, da escritora Ruth Rocha. Já no dia 22, haverá apresentação de fantoches, enquanto que no dia 29, os alunos serão contemplados com contação de histórias. O encerramento do projeto acontecerá no próximo dia 30, com apresentação dos trabalhos e palestra com o poeta e cordelista Antônio Farias – o Palmares, que integra os quadros da Academia Gurupiense de Letras.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.