logo

MPTO realiza mais de 25 mil movimentações de processos e procedimentos em maio, durante o teletrabalho

No mês de maio, enquanto atuam em regime temporário de teletrabalho, os membros do Ministério Público do Tocantins (MPTO) realizaram 24.824 movimentações em processos judiciais, propondo novas ações judiciais da área cível, novas denúncias criminais, apresentando recursos e promovendo manifestações em processos já existentes, entre outros tipos de movimentação.

Já na área extrajudicial, foram instaurados 764 novos procedimentos ao longo do mês de maio, entre inquéritos civis públicos, procedimentos investigativos criminais, notícias de fato e outros procedimentos administrativos de natureza investigativa, que servem para fundamentar a atuação judicial.

Esta atuação foi realizada por 96 promotores e 12 procuradores de Justiça, apoiados por um corpo auxiliar de aproximadamente de 500 servidores, abrangendo todo o Estado do Tocantins.

Procuradoria-Geral de Justiça

Em maio, a Procuradoria-Geral de Justiça registrou a produção de 11.033 movimentações na esfera administrativa, incluindo entrada e saída de documentos, publicação de portarias e de outros documentos, e publicação de edições do Diário Oficial Eletrônico do MPTO, entre outras.

Ouvidoria

A Ouvidoria do Ministério Público, que realiza o contato entre o público e a instituição, recebendo e registrando denúncias e reclamações, também divulgou o balanço de suas ações em maio, que totalizam 802 atendimentos. No período, foram recebidas 379 manifestações por telefone, e-mail e formulário eletrônico, além de recebidas 375 ligações telefônicas para assuntos diversos e realizados 48 atendimentos por meio do Sistema de Atendimento ao Cidadão (Saci).

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.