logo

Conecte conosco

Campanha “Parceiros pela Vida” mobiliza 50 doadores de sangue em um dia de atividade

Um total de 50 pessoas, integrantes de órgãos e instituições públicas da capital, dedicou um momento desta sexta-feira, 30, para doar sangue, contribuindo com o aumento do estoque do Hemocentro e ajudando a salvar vidas.

A coleta fez parte da campanha “Parceiros pela Vida”, que foi idealizada pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO) com a finalidade de conscientizar sobre a importância da doação e contribuir para que mais pessoas se tornem doadores regulares.

O servidor Stiverson Alves Faria Claro tornou-se doador a partir da campanha. Nesta sexta, ele realizou sua segunda doação, incentivado pela esposa, movido pela vontade de ajudar e também aproveitando a facilidade de ter a unidade móvel do Hemocentro estacionada próxima ao trabalho. “É um gesto simples, mas ajuda a salvar vidas”, avaliou.

Esta foi a quarta etapa da campanha “Parceiros pela Vida”, que teve início em dezembro de 2020. Atualmente, a iniciativa conta com adesão do Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Trabalho (MPT), Tribunal de Contas do Estado (TCE), Sebrae, Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e Receita Federal, além do MPTO. A Secretaria Estadual da Saúde (SES) participa enquanto gestora do Hemocentro.

O procurador-geral de Justiça, Luciano Casaroti, agradeceu às pessoas que têm participado da campanha. “Uma rede de voluntariado se formou a partir desta campanha, que cresce substancialmente e se fortalece a cada edição, com a adesão de novos parceiros e com o engajamento de um número crescente de pessoas. Somos muito gratos a cada participante, pela atitude solidária e pela grandeza dos seus gestos”, disse.

A coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Saúde (Caosaúde), promotora de Justiça Araína Cesárea D’Alessandro, que ajudou a idealizar a campanha e que vem auxiliando a integrar novos parceiros, acompanhou todos os trabalhos desta sexta-feira. Também estiveram presentes o procurador-chefe da Procuradoria da República no Tocantins, George Neves Lodder, participando enquanto parceiro e doador, e o diretor-geral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Francisco Alves Cardoso Filho.

Avaliação

A gerente técnica do Hemocentro em Palmas, Eveline Leão Ávila Pessoa, diz que a campanha “Parceiros pela Vida” se mostrou relevante deste a primeira etapa. Mas acrescentou que a iniciativa vem crescendo bastante, à medida que novos parceiros estão aderindo e mobilizando seus integrantes a colaborar.

Ela explica que o estoque da hemorrede costuma vivenciar momentos críticos, e que são iniciativas coletivas como esta que têm ajudado na manutenção dos estoques, especialmente neste período de pandemia – quando a demanda hospitalar por sangue aumentou, enquanto a movimentação de doadores diminuiu, seja porque estas pessoas têm evitado sair de casa, seja porque algumas foram acometidas pela Covid-19, tornando-se temporariamente inaptas para doação.

Eveline Leão explica que o sangue coletado é utilizado não somente para demandas hospitalares urgentes, como o atendimento a pessoas acidentadas, mas também para pacientes oncológicos que precisam receber sangue antes do procedimento de quimioterapia, para pacientes com doenças hematológicas, para casos de cirurgias em geral, entre diversas outras situações.

Cadastro de medula óssea

Na campanha “Parceiros pela Vida”, os voluntários também podem efetuar o cadastro de doadores de medula óssea, habilitando-se para ajudar pessoas com leucemia e linfomas. Neste caso, podem aderir ao cadastro inclusive pessoas temporariamente inabilitadas para a doação de sangue.

 

Leia mais sobre o MPTO

 

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.