logo

Secretário muda gabinete para Hospital Geral de Palmas e acompanha atendimentos

O secretário de Estado da Saúde, Renato Jaime estará esta semana com gabinete instalado no Hospital Geral de Palmas (HGP). O objetivo do gestor é acompanhar o dia-a-dia da unidade e junto com as equipes resolver os principais entraves apresentados.

“Nosso principal compromisso é com o bom atendimento ao cidadão e é justamente nas unidades hospitalares que isso acontece. Por isso começamos com nosso gabinete itinerante pelo HGP e pretendemos expandir às demais unidades do Estado”, destacou o secretário.

Um das dificuldades do HGP e a superlotação do Pronto Socorro que está sendo sanado com a efetividade da classificação de risco e da realização do primeiro atendimento, acompanhado nesta manhã, 30, pelo Secretário.

A médica plantonista, Ticiane Borges Machado, responsável nesta terça-feira, pelo Primeiro Atendimento, explicou que o serviço “serve para reclassificar o paciente, utilizado principalmente em casos de baixa gravidade, verificando a real necessidade do paciente em utilizar o HGP, que é de alta complexidade. Os casos de real gravidade são encaminhados para dentro da unidade, os demais avaliados e orientados a procurar uma unidade básica de saúde ou Unidade de Pronto Atendimento”, afirmou, acrescentando que todos pacientes, que vão ao hospital, recebem um atendimento médico que avalia a sua situação.

Esta ação está conseguindo reduzir os índices de demora no atendimento do HGP e está controlado o fluxo de pacientes deixando a unidade com apenas pacientes de alta complexidade.

Ticiane esclarece ainda que pacientes com gravidade são acolhidos regularmente pela unidade, sendo pelo encaminhamento do Samu ou de outra referência, os quais são direcionados as especialidades devidas, podendo ser clinicas cirúrgica, ortopédica ou outras.

Ações como o “Primeiro Atendimento” garante aos usuários do SUS uma assistência médica e também ajudam a controlar o fluxo de pessoas no hospital, para evitar problemas como a superlotação e a falta de leitos para os pacientes que realmente necessitam a exemplo, dos traumas que seguem sendo o maior fluxo de atendimentos da Unidade hospitalar.

Gabinete

O secretário segue acompanhando as atividades do HGP e despachado da unidade. Dentro da pauta no Hospital estão reuniões com as equipes médicas, representantes da empresa que está ampliando o HGP e fornecedores.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.