logo

Sargento da PM sofre infarto fulminante e morre durante o serviço no norte do Tocantins

Hailton Carvalho ingressou na PMTO em 02 de fevereiro de 2004 como soldado.

O sargento da Polícia Militar do Tocantins Hailton Meneses de Carvalho, de 39 anos, faleceu na madrugada desta segunda-feira (3) após sofrer um infarto fulminante durante o serviço de policiamento em Xambioá, norte do estado.

Segundo informações da PM, o 3º sargento estava no alojamento quando passou mal, por volta das 23h45, e foi encaminhado às pressas ao Hospital Regional de Xambioá, mas não resistiu. Ele havia atuado na segurança da eleição indireta para prefeito de Araguanã, que ocorreu nesse domingo (2).

Hailton Carvalho ingressou na PMTO em 02 de fevereiro de 2004 como aluno soldado, sendo promovido à graduação atual em 25 de agosto de 2016. Atualmente estava lotado no 2º Batalhão da Polícia Militar de Araguaína e exercia suas funções no 1º Pelotão da 2ª Companhia Operacional em Xambioá.

“Militar dedicado em todas as suas atribuições, sempre zeloso com suas condições físicas, deixa esposa e dois filhos”, disse o comandante-geral da PM, coronel Jaizon Veras Barbosa.

“A família policial militar do Estado do Tocantins lamenta profundamente a perda do profissional e se solidariza com familiares e amigos”, enfatizou o comandante.

NOTA DE PESAR DO GOVERNADOR

“É com imenso pesar que recebi nesta segunda-feira, 3, a notícia de falecimento do 3º Sargento QPPM Hailton Meneses de Carvalho, 39 anos, que morreu de um infarto fulminante durante o serviço de policiamento no município de Xambioá.

Em nome do Estado do Tocantins quero agradecer ao Sargento por seu dedicado trabalho prestado em prol da nossa sociedade. Aos seus familiares e amigos, deixo minha solidariedade e desejos de que encontrem paz para atravessar esse momento de dor e luto.

Mauro Carlesse | Governador do Tocantins

Sargento estava lotado na Companhia de Xambioá

Trabalho na eleição em Araguanã

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.