logo

Policiais militares concluem curso da Patrulha Maria da Penha em Gurupi

Seis policiais militares do 4º Batalhão concluíram o curso da Patrulha Maria da Penha (PMP), na sede da Unidade, em Gurupi, na sexta-feira, 8.

O curso visou desenvolver nos profissionais as habilidades e as competências necessárias para atender de forma humanizada as mulheres em situação de violência doméstica e familiar.

Com o lançamento da PMP no município, a Polícia Militar precisou capacitar as equipes que vão compor a viatura. O curso foi desenvolvido em 40 horas/aula, distribuídas em cinco dias, incluindo o estágio operacional.

As disciplinas ministradas foram: Rede de Atendimento e/ou Enfrentamento, Protocolo e Fluxo Policial, Relações de Gênero e Direitos Humanos, Atuação legal e Técnica Policial Militar na Perspectiva da Patrulha Maria da Penha.

O curso ficou sob a coordenação da capitã Flávia Roberta Pereira de Oliveira, que também ministrou algumas disciplinas para os alunos da PMP. A oficial destacou que o curso é de extrema importância para a formação dos policiais militares que vão atuar na PMP, em razão da especificidade do atendimento realizado, que deverá ser humanizado e inclusivo.

A soldado Keilisvania Bezerra de Sousa foi uma das alunas do curso e, entusiasmada, ela relatou que por meio dos ensinamentos recebidos está pronta para trabalhar na defesa e no acompanhamento da mulher em situação de violência doméstica. “Por meio do curso, pude conhecer melhor essa nova modalidade de policiamento [Patrulha Maria da Penha] e estou feliz por fazer parte desse projeto em nossa cidade”, declarou a soldado.

O comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), tenente-coronel Jaime Porfírio de Souza, disse que o curso foi primordial para a capacitação dos policiais militares da Patrulha Maria da Penha. “Somos gratos aos instrutores que estiveram no Batalhão e contribuíram com a formação de uma equipe que agora está mais preparada para dar assistência de qualidade às mulheres que possuem medida protetiva”, afirmou.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.