logo

Conecte conosco

Polícia Civil do Tocantins recupera em Wanderlândia carretinha furtada em Araguaína

O suspeito da autoria do crime teria realizado o furto da carretinha utilizando um veículo emprestado de um amigo

Em cerca de 24 horas, a Polícia Civil do Tocantins, por meio da 3ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (DEIC – Araguaína), recuperou no sábado, 27, no município de Wanderlândia, uma carretinha que havia sido furtada na tarde da sexta-feira, 26, em Araguaína.

Segundo informações da DEIC – Araguaína, o crime foi cometido na frente da casa da vítima, onde a carretinha estava estacionada. Os suspeitos passaram com um Uno cinza na frente da casa, por volta de 14 horas e, aproximadamente duas horas depois, retornaram no mesmo veículo, com as placas encobertas, e acoplaram o reboque ao veículo. Em seguida, foram em direção à BR-153.

O delegado titular da DEIC – Araguaína, Fernando Rizério Jayme, explicou que para recuperar a carretinha, a Polícia Civil utilizou imagens de câmeras de vigilância, que permitiram a identificação do veículo utilizado para a realização do crime e seu proprietário.

Em posse das informações, uma equipe de policiais civis partiu em diligências para Wanderlândia, chegando à residência do proprietário do Uno cinza. E ao falar com os moradores da casa, a polícia foi informada que, na tarde do crime, o veículo havia sido emprestado para uma outra pessoa.

Em continuidade às investigações, o suspeito da autoria do crime foi localizado e teria afirmado que realmente levou a carretinha porque a mesma seria de um amigo dele. Diante da informação, a equipe de policiais se deslocou até a casa do referido amigo, onde a carretinha foi localizada. Sendo que a mesma já estava sem placa e em fase de pintura, possivelmente para dificultar a localização do bem.

A carretinha foi apreendida e os suspeitos foram devidamente qualificados para posteriormente responderem por seus atos.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.