logo

Formoso do Araguaia | Moradores se unem e reúnem e faz mobilização pelas ruas da cidade pedindo paz.

Os comerciantes já não mais trabalham tranquilo, as pessoas temem deixar seus lares e chegarem encontrando-os arrombados, medo de saírem pelas ruas e serem abordados e assaltados, pedem paz, segurança e tranquilidade. Chega de violência.

Mesmo com a fama de cidade tranquila e boa para se viver, a cidade de Formoso do Araguaia nos últimos dias tem vivido uma onda de violência que tem assustado de forma absurda a população formosense.

Sendo que na manhã do último dia (7), por volta das 6h da manhã enquanto um empresário da cidade fazia a sua caminhada como era de praxe, foi surpreendido por dois bandidos que o agrediram de forma covarde e ainda roubaram sua camisa, tênis e aliança.

Promoção - Polpas

Parceiro.

Já na quarta-feira 8, enquanto uma estudante da cidade que estuda na cidade de Gurupi chegava em casa foi abordada no portão de casa com a tentativa de roubarem o seu carro,  logo no outro dia, na quinta-feira 9, enquanto a Força Tática da Polícia Militar fazia uma abordagem a um veículo com atitudes suspeita, foram recebidos a balas fazendo com que os Policiais revidasse e levasse a óbito Maycon Douglas Henerio dos Reis, de 18 anos.

Os moradores da cidade de Formoso do Araguaia estão abismado com tanta violência nesses últimos dias pelos quais na tarde deste domingo decidiram se reunir e fazerem uma manifestação pelas principais ruas e avenidas da cidade pedindo paz.

Na oportunidade reuniram-se adultos e crianças, pessoas conhecidas e anônimas em um único proposito que foi clamar pela paz da cidade que pelo jeito não mais existe, chamando a atenção das autoridades competentes para ver a questão da segurança naquela cidade que é um direito de cada cidadão. Sendo que na primeira fila, logo a frente estava o empresário Alci da Costa melo que foi vítima enquanto fazia caminhada na manhã do último dia 7.

A mobilização se concentrou na praça da Av. Perimentral aonde puderam exteriorizarem a necessidade com urgência de segurança na cidade, pois os comerciantes já não mais trabalham tranquilo, as pessoas temem deixar seus lares e chegarem encontrando-os arrombados, medo de saírem pelas ruas e serem abordados e assaltados, pedem paz, segurança e tranquilidade. Chega de violência.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.