logo

Fapt divulga resultado preliminar do PPSUS – Programa Pesquisa para o SUS

O Comitê Gestor abre prazo de sete dias para apresentação de recurso junto a Fapt a contar a partir desta sexta-feira, 5.

A comissão técnica de analise do Programa de Pesquisa para o SUS: Gestão Compartilhada em Saúde do Tocantins selecionou nove projetos, de pesquisadores mestres e doutores que vão elaborar um trabalho de aprimoramento da gestão em saúde no Estado.

O resultado foi publicado nesta sexta-feira,5 e esta disponível no site da Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins (Fapt) na página Divulgação Cientifica. O prazo para interposição de recurso é de apenas sete dias, a contar a partir da data da publicação do resultado preliminar.

O resultado é referente ao Edital nº 01/2018 FAPT/TO-Decit/SCTIE/MSCNPq e os projetos foram avaliados na última sexta-feira,28 em Palmas por uma comissão técnica. Para a execução dos projetos aprovados do PPSUS no Estado, serão investidos em torno de R$ 300 mil reais, um recurso oriundo do Ministério da Saúde via CNPq – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico com contrapartida do governo estadual por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins (Fapt). Os pesquisadores realizarão as pesquisas a partir de Agosto deste ano e produzirão relatórios com os resultados para subsidiar a tomada de decisão do gestor de saúde.

Projetos Aprovados – Prioridade 1

(classificação por nota)

Coordenadora: 1º Daniella Pires Nunes

Projeto: Cuidadores de idosos dependentes no município de Palmas: o significado do cuidar e o impacto de intervenção educativa na sobrecarga

Coordenadora: 2º Jucimária Dantas Galvão

Projeto: Efetividade da marcação combinada de p16 e Ki67 na referência de mulheres com citologia ASC-US ou LSIL para colposcopia

Coordenador: 3º Maikon Chaves de Oliveira

Projeto: Dificuldades enfrentadas para reinserção social na visão dos familiares dos usuários acometidos por sofrimentos mentais assistidos no CAPS-AD do município de Augustinópolis – TO

Coordenador: 4º Fabrício Souza Campos

Projeto: Vigilância de arbovírus através do sequenciamento de nova geração em amostras de mosquitos coletados em Tocantins

Coordenadora: 5º Ana Maria da Costa Teixeira Carneiro

Projeto: As dificuldades enfrentadas pelas enfermeiras da atenção básica município de Augustinópolis – TO para atingir as metas pactuadas dos indicadores de saúde do SISPACTO

Coordenador: 6º Jóse Carlos Ribeiro Júnior

Projeto: Perigos microbiológicos e micotoxigênicos à saúde pública dos alimentos de origem animal informalmente comercializados no norte do Tocantins

Coordenadora: 7º Carla Simone Seibert

Projeto: O Acidente Botrópico no Tocantins: epidemiologia, fatoresambientais e toxicidade do veneno

Coordenador: 8º Horllys Gomes Barreto

Projeto: Validação e confiabilidade de kits de diagnósticos para detecção do Zika vírus via RT-qPCR

Coordenador: 9º Warley Gramacho da Silva

Projeto: Mineração de dados como ferramenta de auxílio a análise do perfil etiológico e suscetibilidade a antimicrobianos em isolados de urocultura no estado do Tocantins

Projetos Classificados – Prioridade 2

(classificação por nota)

Coordenador: 10º Helcileia Dias Santos

Projeto: Estudo da flutuação mensal e infecção natural por Leishmania Infantum em flebotomíneos capturados em Araguaína, Tocantins

Coordenador: 11º Lidianne Salvatierra Paz Trigueiro

Projeto: Aspectos epidemiológicos, biológicos e etnológicos dos acidentes tóxicos por animais peçonhentos

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.