logo

Exibição do tão comentado vídeo sobre reunião com ministros, fortalece Bolsonaro e tiro saiu pela culatra

Depois da exibição do tão comentado vídeo da reunião do presidente com ministros que aconteceu no último dia 22 de abril, e foi publicada nesta sexta-feira dia 22 pelo STF, o presidente Jair Bolsonaro fortalece extremamente ainda mais a sua popularidade.

A decepção da extrema imprensa e daqueles que quanto pior melhor que vem o tempo todo torcendo pelo caos do Brasil é notória.

Após extrair se do vídeo, no máximo uma fala exaltada, mas cheia de sinceridade de um homem que diariamente é atacado de todos os lados, mas que muito preocupado com a liberdade e o bem estar de um povo pelo qual é o líder maior.

Demonstrando ainda na conclusão final de toda essa novela que, Jair Bolsonaro é um grande patriota, democrático e que os próprios adversários políticos o preparam para uma reeleição em 2022 ainda mais fortalecida.

E, não deixando dúvida, com essa força popular que ele tem recebido de Norte a Sul e de Leste a Oeste, estará na próxima eleição, inevitavelmente com uma grande bancada e, com um Congresso ao seu lado aonde poderá estar fazendo todas as mudanças necessárias que o país precisa sem o tomalá-dacá.

O Brasil vive dias tenebrosos e de inversão de valores em que tenta implantar formas duras e cruel a qualquer custo aos brasileiros, como no caso em que o presidente quando ainda candidato em 2018 foi vítima de uma facada que quase custou a sua vida mais que até hoje a justiça não permitiu a apreensão e perícia em seu celular para investigação, porém, essa mesma justiça propõe apreensão e perícia no celular do presidente da república. Isso é uma vergonha.

Assista ao vídeo e deixe o seu comentário abaixo.

 

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.