logo

Estrada Barreira da Cruz recebe revestimento primário em plena Colheita do Arroz na TO-255

A rodovia estadual  TO-255, que é tida como a maior via de integração entre os 30 maiores produtores de arroz, soja, milho e melancia, da região do Vale do Araguaia, há duas semanas vem passando por melhoramentos significativos.

4  - Estrada Barreira da Cruz - Foto Toni FerreiraO prefeito  de Lagoa da Confusão, Neto Lino (PSD), preocupado com o volumoso tráfego de caminhões e carretas, que alavancam o desenvolvimento do município de Lagoa da Confusão, firmou uma parceria com o Governo Estadual através do Dertins e os lavouristas do seu município, tendo em vista a situação caótica da Estrada da Barreira da Cruz, via de extrema importância para o escoamento de grãos.

A equipe do Dertins coordenada pelo poeta Toni Ferreira, está executando patrolamento e revestimento primário nos pontos mais críticos, que compreende em três etapas, sendo a primeira iniciada na proximidades da 3  - Estrada Barreira da Cruz - Foto Toni FerreiraFaz Barreiro, a segunda em frente a Agropecuária Diamante e a terceira Faz. Modelo. Às vésperas da colheita oficial do arroz, já é notável a transformação da estrada de terra batida, que é também usada pelos indígenas da Ilha do Bananal.

O encascalhamento teve início na primeira quinzena do mês de fevereiro, e pode se alastrar por mais trinta dias, segundo Seu Nelsinho, um dos produtores e parceiro neste mutirão.Para o chefe do executivo municipal Neto Lino, mesmo que tardiamente esta união garantirá uma safra colhida em tempo recorde, graças ao empenho dos servidores do Dertins, trabalhando ininterruptamente, neste período 2  - Estrada Barreira da Cruz - Foto Toni Ferreirachuvoso, garantindo as melhorias da TO-255 aos condutores dos caminhões em transito.

Edenilson Zellmer, proprietário da Fazenda Pé de Limão, além de apoiar o movimento Parceiros da Estrada Barreira da Cruz, ressalta que é a única maneira de minimizar os prejuízos causados pela Rodovia, usada cotidianamente pelos fazendeiros que cultivam o plantio irrigado. É importante frisar que eles estão arcando com o diesel dos equipamentos, estadia dos trabalhadores imbuídos na força tarefa da estrada e a logística dos mesmos.

A Lagoa da Confusão é considerada um dos maiores celeiros de grãos produzidos às margens dos rios Urubu, Formoso, Douradinho e Javaé de forma sustentável, onde a fauna convive pacificamente com as máquinas agrícolas, ao longo de aproximadamente 80 quilômetros de lavouras em sistema de irrigação.

___
Parceiros:
Par_05



Fonte:
Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.