logo

Escolas tocantinenses serão beneficiadas com Projeto de Tecnologias Digitais na Educação financiado pelo BNDES

O Governo do Estado implantará, ainda neste ano, o projeto Educação Conectada – Implementação e Uso de Tecnologias Digitais em 76 escolas das redes estadual e municipal das cidades de Araguaína e Gurupi, com financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e apoio do Centro de Inovação para Educação Brasileira (Cieb). Nesta segunda-feira, 20 de agosto, a secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Adriana da Costa Pereira Aguiar, recebeu representantes das Comissões Técnicas do BNDES e Cieb e dos municípios contemplados, em reunião para contextualização e detalhamento do projeto em execução no Tocantins.

O Programa, desenvolvido em parceria com o Ministério da Educação (MEC), tem como objetivo fomentar o uso da tecnologia como ferramenta pedagógica nas escolas públicas de educação básica, testando modelos e criando oportunidades de aprendizado nas diferentes realidades brasileiras. No Tocantins, o projeto foi elaborado pela equipe de articuladores formada por representantes do Estado e das respectivas Prefeituras.

Conforme o cronograma do BNDES, o projeto está em processo de análise e detalhamento para posterior aprovação do financiamento pela diretoria do Banco.  O recurso pleiteado de mais de R$ 3,5 milhões, do Fundo Social não reembolsável da instituição, será destinado à formação de professores qualificados em Tecnologias da Informação e Comunicação Educacionais (TIC), aquisição de equipamentos de informática e desenvolvimento de robótica nas escolas e outros conteúdos pedagógicos. A previsão é que a ação nas escolas inicie em novembro deste ano, com dois anos de execução no Tocantins.

Segundo Ana Cristina Maia, representante do departamento de Educação do BNDES, o momento é de contextualização do projeto de acordo com a realidade dos municípios. “Precisamos conhecer a realidade das escolas nessas localidades, como as redes trabalham, como é possível melhorar o processo de ensino e aprendizagem com o uso da tecnologia. No próximo momento, a gente vai realizar visitas técnicas, quando serão refinadas as ações, cronogramas, valores, recursos, visando muita mobilização voltada a uma agenda comum, de incorporar a tecnologia para melhorar a aprendizagem na educação”, ressaltou.

Segundo a secretária Adriana, o projeto vai trazer uma nova concepção sobre tecnologia na educação do Estado. “Uma clareza tanto para nossa rede estadual como municipal que a tecnologia compreende não só a questão de estrutura, mas também formação continuada de professores, repensar os currículos e metodologias de ensino e apontar os resultados efetivos na aprendizagem de nossos alunos”, destacou.

Segundo a diretora presidente do Cieb, Lúcia Dellagnello, o Centro vai dar apoio técnico para que as redes estruturem e adequem o projeto de acordo com as quatro dimensões estabelecidas: visão, formação, geração de conteúdo e infraestrutura. “Uma visão bem clara do porque vai usar essa tecnologia, uma formação dos professores para fazer uso pedagógico dessa tecnologia, os materiais e recursos educacionais e a infraestrutura nas escolas que possa tornar realidade esse uso tecnológico”, completou.

Jocirley de Oliveira, secretário municipal de Educação de Araguaína, destacou que a ação vem empreender e engrandecer as políticas de educação no Tocantins. “O projeto vai contribuir na qualificação continuada dos professores e melhorar a formação das crianças”.

O projeto foi sorteado por meio de Chamada Pública do BNDES, e faz parte do Programa Educação Conectada – Implementação e Uso de Tecnologias Digitais na Educação. É desenvolvido, também, em parceria com o Ministério da Educação (MEC). Foram recebidos projetos de 26 estados e sorteado apenas um de cada região do País. O Tocantins é o único da Região Norte.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.