logo

Ensaios e projetos de alunos da rede estadual de ensino são destaques na Agrosudeste 2019

Para a titular da Secretaria Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Adriana Aguiar, o trabalho dos alunos impulsiona os servidores que atuam na educação

Os ensaios e projetos desenvolvidos pelos alunos da rede estadual de ensino são destaques na 5ª edição da Feira Agrotecnológica da Região Sudeste do Tocantins (Agrosudeste). A feira é realizada no Colégio Estadual Girassol de Tempo Integral Agropecuário de Almas, entre os dias 11 e 13 de abril.

Para a titular da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Adriana Aguiar, o trabalho dos alunos impulsiona os servidores que atuam na educação do campo. “Além de pensarmos na proposta pedagógica para a sala de aula, nossos projetos devem estar cada vez mais pautados em ações que vão refletir na vida do aluno como cidadão, como profissional. E aqui, podemos ver como estamos no caminho certo”, destacou.

Os ensaios e experimentos foram realizados com apoio dos professores e de técnicos do Instituto de Desenvolvimento Rural do Estado do Tocantins (Ruraltins) e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Para o professor Arialdo Castro, o momento foi de trocas de experiências e de qualificação profissional. “O processo de montagem do que está sendo visto aqui foi um momento de troca de experiência, que cacita os alunos para atuarem no mercado profissional, onde eles precisam colocar em prática o que aprendem em sala de aula”, ressaltu.

Aluna do 3° ano do Colégio Estadual Agropecuário de Almas, Joene Alvez fez questão de participar de todos os projetos, mas de acordo com ela, o sistema aquapônico é o que mais se interessa. “É muito interessante, ao mesmo tempo que trabalha com a criação de peixe, o sistema também permite a plantação de hortaliça e tudo fica interligado. Mas quis participar de tudo, porque são experiência que nos ajuda a chegarmos no mercado de emprego mais capacitados”, destacou.

Da mesma unidade de ensino, Ronaldo Caldeira, que estuda na 3ª série do ensino médio, destacou que a realização dos projetos e dos ensaios é um momento muito esperado pelos alunos. “Sabemos que a teoria é muito importante, mas gostamos muito quando temos a oportunidade de desenvolver um projeto e de vermos como funciona na prática o que aprendemos na sala de aula. Esse momento é muito importante para o nosso aprendizado”, apontou.

Os alunos do Colégio Estadual Abner Araújo Pacini compartilharam conhecimentos sobre a coleta seletiva de materiais recicláveis.  A aluna Emilly Alves, do 8º ano do ensino fundamental, destacou a importância da experiência. “Esse é um momento de troca e de conhecimento. Estamos aqui falando de um assunto importante para preservação da vida, da separação do material reciclável, mas também visitamos outros stands e o pessoal nos passa conhecimento dos projetos deles”, disse.

Projetos

Entre os projetos desenvolvidos para a Agrosudeste, que contaram com a participação dos alunos das escolas públicas estaduais, além dos já citados, estão o sistema de pastejo rotacional, o sistema de integração lavoura e pecuária, meliponário (produção de mel) e o sisteminha Embrapa (tanque para produção de peixe, em que água do tanque é utilizada para irrigação de hortaliças).

Jonas Amaral

Jonas Amaral - RP Nº: 911 - DRT / TO - Diretor Geral e Editor Chefe do Portal do Amaral – E-Mail: [email protected] – Tel. (63) 98471-7540 / 99975-7227 / WhatSapp: (63) 98471-7540

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.