logo

Conecte conosco

Emenda do Deputado Eli Borges retira de Projeto de Lei expressão arranjos familiar para garantir a perpetuação da família.

O deputado federal tocantinense, Eli Borges contribuiu com a complementação final do projeto de Lei N° 1943/2019, aprimorando o texto.

O parlamentar, solicitou mudança no parágrafo 4°, da deputada Rosa Neide (PT), que falava sobre as propagandas, refletindo a diversidade de arranjos sociais e familiares e que não deveriam reproduzir esteriótipos que reforçassem as condições da mulher como a única responsável por afazeres e hábitos domésticos.

Eli Borges solicitou a retirada de arranjos familiares, pois são questões que vão além da perpetuação das famílias.

A relatora, Vanda Milani, entendeu que são importantes os projetos que buscam alertar a sociedade, mediante campanhas esclarecedoras, da importância de se dar tratamento igualitário ao trabalhador independente do sexo.

A Deputada Vanda faz parte do Solidariedade, mesmo partido do Deputado Eli Borges e após um consenso, suprimiram a frase “arranjos familiares”, que vai ao contrário do que Eli defende.

O projeto

A deputada, professora Rosa Neide criou um projeto de lei, que pedia mais campanhas informativas destacando os direitos dos homens e mulheres, para que ambos pudessem ser vistos de maneira mais igualitária.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.