logo

Confiança dos empresários do comércio tem leve aumento em outubro

Quem nunca ouviu a frase: “Brasileiro não desiste nunca”? Os brasileiros e os empresários do comércio exemplificam esta frase pois novamente tem se mostrado mais confiante na economia, no setor de comércio e na sua empresa, conforme pesquisa realizada em Palmas, pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e Fecomércio Tocantins.

Em outubro, a pesquisa que mede o índice de confiança dos empresários do comércio (ICEC) registrou uma variação positiva de 0,5% em relação ao mês de setembro. Já quando comparado ao mesmo período do ano passado a variação chega a 11,5%.

Para o presidente da Fecomércio, Itelvino Pisoni, os dados demonstram um novo cenário. “Estamos percebendo que os empresários de Palmas estão cada vez mais confiantes. Este cenário pode ser reflexo da queda na inflação que está abaixo da meta, o que acarreta em cortes na taxa de juros, favorecendo assim o aumento de consumo das famílias, principalmente nos próximos meses, com a chegada das festividades do final do ano. Com mais consumo, há um novo fôlego para as empresas e seus gestores que respiram mais aliviados”, afirmou.

Os dados nacionais também demonstram o mesmo comportamento. Com 121,4 pontos, o resultado é 12,7% superior ao mesmo mês de 2018 e 0,1% maior do que o aferido em setembro de 2019. Esses índices são os melhores desde maio deste ano.

De acordo com o presidente da CNC, José Roberto Tadros, tais resultados evidenciam que as condições atuais estão melhores em relação ao último ano. “Os indicadores que medem a atividade econômica, principalmente dos setores ligados ao consumo, estão melhorando, e isso se reflete na percepção mais otimista dos empresários do comércio, que se mostraram também mais dispostos a contratar e investir”, aponta Tadros.

No Tocantins, 45% dos empresários disseram que farão investimentos um pouco maior neste mês e 63,7% irão contratar um pouco mais do que no mês anterior.

Sobre a condição atual, a pesquisa revela que 59,8% acreditam que a economia melhorou, assim como 57,7% que pensam o mesmo sobre o setor de comércio e 64,3% que disseram que houve melhora em sua empresa. Para os próximos meses a expectativa é melhor, 93,3% acreditam que a economia melhorará, 94,6% que o setor do comércio irá melhorar e 97,2% que suas empresas sentiram também essas melhorias.

70,1% dos entrevistados consideram seus estoques adequados. (com dados da Ascom/CNC)

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.