logo

CEM Rui Brasil de Miranorte promove formação para professores

Participaram da formação 100 docentes de escolas das cidades de Rio dos Bois, de Dois Irmãos e de Miranorte

A diretoria do Centro de Ensino Médio Rui Brasil Cavalcante, localizado em Miranorte, promoveu a III Formação Continuada para os professores, com o tema A escola e os novos desafios: educar para as competências. O objeto foi melhorar a prática pedagógica na sala de aula. Participaram da formação 100 professores de escolas das cidades de Rio dos Bois, de Dois Irmãos e de Miranorte e técnicos da Diretoria Regional de Educação de Miracema.

A capacitação foi realizada nos dias 21 e 22 de junho. Para realizar a formação, a escola fez parcerias com profissionais de saúde: psicólogos e enfermeiros. No primeiro dia, os temas de reflexão foram alusivos à saúde, como a oficina sobre o cuidado com os olhos, ministrada pela enfermeira Sheila Polliana Silva. Também ministrou palestras Ladislau Ribeiro do Nascimento, professor adjunto da Universidade Federal do Tocantins (UFT), doutor em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo e membro da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (Abrapee), que falou sobre O cuidado de si com a prática da liberdade em tempos de incertezas e sobre a Valorização da vida e promoção da saúde sob a lógica do cuidado.

No segundo dia, foram realizadas trocas de experiências exitosas em salas de aula e palestra sobre Linguagens e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e Matemática.

A professora de língua portuguesa, Ludmilla Cantuária de Souza, comentou sobre a formação. “Foi uma forma de rever as nossas práticas, porque trabalhamos com um público diverso, moderno, antenado com as tecnologias. E, enquanto educadores, temos que ter o comprometimento e a responsabilidade na formação dos nossos estudantes”, frisou.

O Cem Rui Brasil oferece ensino fundamental do 6º ao 9º ano, ensino médio, e Educação de Jovens e Adultos, e conta atualmente com 760 alunos.

A coordenadora pedagógica Laís Silva Ferreira destaca a importância da formação. “É um trabalho interdisciplinar para desenvolver práticas inovadoras por meio de projetos de flexibilidade do currículo”, comentou.

A gestora Carina Lança avalia o evento como uma prática positiva. “Atendemos às expectativas dos participantes e, com o aperfeiçoamento do conhecimento, proporcionamos reflexão e inovação de práticas educacionais no ambiente escolar em busca de melhores resultados e desenvolvimento do professor protagonista por meio das metodologias ativas”, frisou.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.