logo

Caso Flordelis | Pastor sabia da existência de plano para matá-lo; diz Ministério Público

O relatório do Mistério Público do Rio (MP-RJ) sobre o caso Flordelis revela que Anderson do Carmo descobriu que havia um plano elaborado por filhos para matá-lo e, por isso, chegou a ameaçar grampear celulares da família. A informação é do O Dia.

De acordo com o documento, o marido de Flordelis teria descoberto que Marzy, uma das filhas adotivas do casal, teria oferecido R$ 10 mil para Lucas, também filho do casal que já está preso, por sua morte.

A quantia seria furtada da mochila usada pela própria vítima, que tinha por hábito guardar dinheiro em espécie. “Declarou ainda que Flordelis teve o conhecimento da proposta feita a Lucas. Informou ainda que Anderson, ao saber de sua conversa com Lucas, disse que ‘grampearia’ todos os telefones da casa”, revela o relatório.

Mais de um executor?

polícia tem fortes indícios de que  duas armas foram utilizadas para matar o pastor Anderson do Carmo, na madrugada do último dia 16 de junho. Através do depoimento de uma testemunha, os investigadores já sabem que, no momento do crime, uma segunda arma se encontrava na residência. Agora, investigam se mais uma pessoa apertou o gatilho, além de Flávio dos Santos, um dos filhos da deputada Flordelis que está preso.

A suspeita de uma segunda arma surgiu após o depoimento do médico legista, que examinou o corpo de Anderson. Ele foi assertivo em seu relatório: “Tudo indica que a vítima foi alvejada por mais de seis tiros , já que foram encontradas 30 lesões no corpo”. A arma encontrada no quarto de Flávio, e utilizada no crime, tem capacidade para 17 disparos.

O laudo ressaltou que alguns ferimentos poderiam ser de entrada e saída do mesmo tiro, mas somente seis disparos, conforme alegação de Flávio – de que deu essa quantidade de tiros -, não teriam feito 30 perfurações.

A partir disso, os investigadores se debruçaram sobre o depoimento para saber se outra arma estava na residência. Através do relato de um motorista de aplicativo, eles souberam que Lucas Santos, segundo filho de Flordelis preso por envolvimento na morte do pastor, deixou uma outra arma na casa, dez minutos antes do crime.




Fonte: IG
Portal do Amaral

Portal do Amaral - O Seu Portal de Notícias / E-Mail: [email protected] – Tel. (63) 98471-7540 / 99975-7227 / WhatSapp: (63) 98471-7540

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.