logo

Acusados de matar homem por dívida de R$ 15 no Tocantins são condenados

Eduardo Welington Marques do Amaral e Thiago Silva Santos teriam cometido o crime porque a vítima não pagou por porções de drogas que comprou deles. Pena é de 17 anos de prisão.

A Justiça condenou nesta quarta-feira (19) Eduardo Welington Marques do Amaral e Thiago Silva Santos a 17 anos de prisão cada um. Eles são acusados de matar Manoel Francisco Neres Filho. O crime foi em Lagoa da Confusão no final de 2016. O motivo seria uma dívida de R$ 15.

Segundo a denúncia, Manoel Francisco era usuário de drogas e comprou algumas porções com a dupla, mas não tinha dinheiro para pagar. Para se vingar de Manoel e assustar outros devedores, os dois teriam esfaqueado e cortado o pescoço do homem.

Os dois estão presos na cadeia pública de Cristalândia e não terão direito a recorrer em liberdade. O juiz Wellington Magalhães escreveu na sentença que a forma como o crime foi cometido “demonstra desrespeito às normas elementares de convivência e à vida do seu semelhante”.

O caso foi em novembro de 2016, mas os suspeitos foram presos em 2017. O tempo que eles já cumpriram na cadeia deverá contar como parte da pena.

Jonas Amaral

Jonas Amaral - RP Nº: 911 - DRT / TO - Diretor Geral e Editor Chefe do Portal do Amaral – E-Mail: [email protected] – Tel. (63) 98471-7540 / 99975-7227 / WhatSapp: (63) 98471-7540

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.