logo

Conecte conosco

2ª Divisão de Repressão a Narcóticos fecha ponto de venda de drogas e prende casal do tráfico em Araguaína

Suspeitos utilizavam a própria residência como ponto de venda de drogas.

Um homem de 20 anos e sua companheira de 19 anos foram presos por tráfico de drogas, na noite desta segunda-feira, 5, em Araguaína. Durante a ação, deflagrada por policiais civis da 2ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (2ª DENARC), também foram apreendidas várias porções de drogas, uma arma de fogo municiada, e aproximadamente R$1.400 reais, em dinheiro proveniente do tráfico de drogas.

Comandada pelo delegado-chefe da 2ª DENARC, José Anchieta de Menezes Filho, a ação ocorreu por volta das 20h, quando os agentes da divisão especializada estavam nas imediações do imóvel ocupado pelo casal. Em certo momento, o suspeito saiu da casa a fim de fumar um cigarro, momento em que foi abordado pelos policiais civis.

Ao adentrar na residência, os policiais encontraram dezenas de porções e maconha, já devidamente embaladas e prontas para a venda, bem como várias cédulas de diferentes valores, e ainda um revólver calibre 38, uma balança de precisão e invólucros para embalar o entorpecente. Os dois foram presos e conduzidos até a Central de Atendimento da Polícia Civil, em Araguaína, onde foram autuados, em flagrante por tráfico e associação para o tráfico. Além disso, o indivíduo também foi autuado por posse irregular de arma de fogo.

As investigações foram realizadas pela DENARC, devido a fortes indícios que apontavam o envolvimento do casal no crime. “Os dois suspeitos já estavam traficando drogas há algum tempo na cidade, sendo que, inclusive, haviam se mudado do endereço antigo, mas continuaram com a prática delituosa”, informou a autoridade policial.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o homem foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA) e a mulher foi encaminhada para a Unidade Prisional Feminina de Babaçulândia. O casal permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.