logo

2ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente foi realizada em Gurupi

Com o tema “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências”, a 2ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente promoveu na tarde desta sexta-feira (17), um encontro entre governo local e representantes da sociedade civil organizada, onde foram debatidas políticas públicas voltadas à infância e a adolescência em Gurupi.

O evento foi realizado pela Prefeitura de Gurupi por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Assistência Social e Proteção a Mulher e o Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA). O objetivo da 2ª Conferência foi propor diretrizes para a política de proteção integral, diversidade e enfrentamento as violências. Para isso foram discutidos cinco eixos temáticos.

A Conferência reuniu os delegados do município, que são representados pela sociedade civil organizada e representante governamental, e discutiu mecanismos que ampliem os serviços já ofertados em Gurupi, em prol das crianças e adolescentes.

A presidente do CMDCA, Licemara Cardoso, enalteceu o trabalho da Secretaria Municipal do Trabalho, Assistência Social e Proteção a Mulher, que tem feito as políticas públicas da criança e do adolescente ganharem cada vez mais destaque no município. “Graças a esse trabalho sério em Gurupi, a sociedade civil está mais atenta, participando mais e acreditando que precisa fazer parte dos conselhos. Toda a rede de proteção às crianças e adolescentes precisa atuar em conjunto para alcançarmos nosso objetivo, que é garantir os direitos deste público”, disse.

Na ocasião o secretário municipal do trabalho, assistência social e proteção a pessoa, Silvério Taurino (Dida Moreira), ressaltou o apoio do prefeito Laurez Moreira ao fortalecimento do controle social, incentivando a atuação dos conselhos e a participação popular. “A gestão tem dado todo suporte para esse trabalho fundamental dos conselhos, para que eles tenham estrutura para trabalhar. Prova disto é a sala dos conselhos instalada na secretaria de assistência social que atende seis conselhos que apoiam a vários públicos como crianças, adolescentes, mulheres, idosos, portadores de necessidades especiais, além de causas importantes como segurança alimentar e combate às drogas”, lembrou o secretário.

Uma das entidades cadastradas no CMDCA que são beneficiárias do repasse financeiro do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente é o Corpo de Bombeiros. A corporação desenvolve o Projeto Educacional Bombeiros Mirins, que atende atualmente 60 crianças e adolescentes e trabalha com elas a disciplina de forma lúdica.  O Tenente-Coronel Maxuel dos Santos, comandante do 3º BBM participou da conferência e falou sobre a importância do evento. “O encontro foi importante porque trouxe a sociedade ao debate e fez com que ela faça parte desse movimento para que ele se torne mais forte e eficiente”, destacou.

Programação

A programação contou com falas institucionais e palestra sobre o tema central da conferência ministrada pela professora e diretora do CEMEI Oneide de Sousa, Vanderlene Dias. Em seguida houve a apresentação dos eixos temáticos, que foram:

Eixo I – Garantia dos Direitos e Políticas Públicas Integradas e de Inclusão Social – Palestrante Vanderlene Dias;

Eixo II – Prevenção e Enfrentamento da Violência contra Crianças e Adolescentes – Palestrante Glauco Flôres;

Eixo III – Orçamento e Financiamento das Políticas para Crianças e Adolescentes – Palestrante Humberto Barbaresco;

Eixo IV – Participação, Comunicação Social e Protagonismo de Crianças e Adolescentes – Palestrante Irón Júnior;

Eixo V – Espaços de Gestão e Controle Social das Políticas Públicas de Promoção, Proteção e Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes – Palestrante Eduardo Damasceno.

Foram elaboradas três propostas dentro de cada eixo temático, que serão apresentadas pelo município na Conferência estadual que acontecerá no mês de julho em Palmas.

Jonas Amaral

Jonas Amaral - RP Nº: 911 - DRT / TO - Diretor Geral e Editor Chefe do Portal do Amaral – E-Mail: contato@portaldoamaral.com.br – Tel. (63) 98471-7540 / 99975-7227 / WhatSapp: (63) 98471-7540

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.