logo

Mulher é presa suspeita de envolvimento na tentativa de homicídio contra o prefeito de Novo Acordo

Crime aconteceu em janeiro deste ano e teria sido encomendado pelo vice-prefeito da cidade. Outros três suspeitos do crime estão presos preventivamente.

Uma mulher de 22 anos foi presa pela Polícia Civil suspeita de envolvimento na tentativa de homicídio contra o prefeito de Novo Acordo, Elson Lino de Aguiar Filho (MDB). O crime aconteceu em janeiro deste ano e outras três pessoas, entre elas o vice-prefeito Leto Moura Leitão, também foram presas preventivamente.

O prefeito foi baleado na cabeça dentro da própria casa no dia 9 de janeiro. A família informou que o Aguiar Filho estava sozinho quando tudo aconteceu. O executor chegou ao local se passado por um conhecido e aproveitou que uma das portas da casa estava aberta para entrar.

Elson Aguiar levou três tiros, inclusive um na cabeça. Ele ficou internado no Hospital Geral de Palmas e sobreviveu.

Após a investigação, a Polícia Civil indiciou quatro suspeitos de envolvimento no crime. Três estavam presos desde janeiro. A quarta suspeita foi detida na tarde desta segunda-feira (17) no setor Santa Bárbara, em Palmas.

A mulher foi ouvida na sede da Delegacia de Investigações Criminais de Porto Nacional e depois levada para a Unidade Prisional Feminina de Palmas.

Entenda

A morte do prefeito de Novo Acordo, conforme apurado pela polícia, teria sido encomendado pelo vice prefeito Leto Moura Leitão. A Polícia Civil acredita que o crime foi encomendado após o prefeito e o vice se desentenderem em função da divisão de dinheiro de propinas na cidade.

Junto com o vice também foram detidos o empresário Paulo Henrique Sousa, que teria intermediado o crime, e o suposto pistoleiro Gustavo Araújo da Silva. Os dois teriam auxiliado no planejamento e execução do atentando.

Inicialmente, eles teriam combinado um pagamento de R$ 10 mil pelo crime, mas o depósito não chegou a ser feito. O vice também teria oferecido R$ 6 mil para que o empresário assumisse a culpa pelo crime.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.