logo

Conecte conosco

Governo tem contribuído com a estruturação de laboratórios científico das Universidades do Tocantins

A ação visa o desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação do Estado em prol do interesse público a fim de proporcionar um espaço adequado para o desenvolvimento das pesquisas científicas

Com o objetivo de promover transferência de conhecimento, no ramo da agroindústria, foi inaugurado recentemente o Laboratório de Ciência e Tecnologia de Alimentos (Lactec), situado no Complexo de Ciências Agrárias da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) na Rodovia TO, 050. A infraestrutura vai propiciar a realização de capacitação e aperfeiçoamento de técnicos do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), produtores rurais e acadêmicos, além do fomento à pesquisa científica no setor agropecuário.

A ação é fruto do investimento dos Governo federal por meio do Convênio Estruturante com a Financiadora de Estudos e projetos (Finep) e Governo do Estado através Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins (Fapt) que tem viabilizado a estruturação de laboratórios de pesquisa de norte a sul do Estado, em ambientes das universidades públicas e privadas.

O Lactec é resultado de parcerias importantes, conta com a mobília e equipamentos industriais para manipulação de alimentos, os quais foram adquiridos com recursos do Projeto Cerrado Jalapão promovido pelo governo brasileiro e o governo alemão cedido ao Ruraltins para uso compartilhado das instalações. O laboratório vai proporcionar a valorização do produto tocantinense que resultará em receitas práticas e rentáveis, ou seja, geração de emprego e renda ao homem do campo.

Segundo o Diretor de Pesquisa Agropecuária e pesquisador/professor da Unitins, Prof Doutor em Fitotecnia, Nutrição Mineral de Plantas, Expedito Cardoso, o apoio financeiro da Finep/ Fapt foi de fundamental importância para a estruturação do complexo laboratorial. “Tudo isso só foi possível devido a esse apoio, que propiciou as condições  necessárias de implantação e consolidação do Lactec no Estado.

O prédio foi construído em 2017 dentro da estrutura da Unitins e desde então estava sendo usado em pesquisa de agroenergia. Mas devido a necessidade de transferência de conhecimento de interesse público, o espaço foi reinaugurado como Lactec devido a parceria da Universidade e o Ruraltins, por meio de cooperação técnica com a finalidade de realizar oficinas, palestras, dias de campo, intercâmbios e outras metodologias educativas voltadas à socialização e transferência de conhecimento, no âmbito da atuação do Centro de Treinamento e Capacitação em Tecnologia Agropecuária e Extensão Rural (CTC-Agro).

Segundo a Unitins, o Laboratório foi concebido para ser um espaço permanente de capacitação e que terá como missão o desenvolvimento do ramo de agroindústrias, aperfeiçoamento dos agentes, além da geração de produtos e tecnologias aplicadas ao setor.

Para a professora do Curso de Engenharia Agronômica da Unitins, Roberta Zani, é muito importante a existência do espaço do laboratório que oportuniza a realização das aulas práticas para os alunos. Na disciplina de tecnologia de alimentos que propicia o processamento de alimentos, favorece um rico conhecimento prático para a atuação na área de extensão rural” explicou.

Convênio Estruturante

A Fapt e a Finep tem mantido o convênio estruturante com as universidades do Tocantins, o qual proporciona a estruturação dos laboratórios, como construção dos espaços, viabilização de equipamentos, disponibilidade de veículos automotores para o desenvolvimento dos estudos científicos. Desde então, foram investidos R$ 11 milhões para essa finalidade, nas áreas de fitoterápicos, uso de afluentes, plantas medicinais, plantas do cerrado, agropecuária, resíduos orgânicos, agroenergia, aquicultura e construção do Laboratório de Referência Animal (Lara).

A professora do Curso de Engenharia Agronômica da Unitins, Roberta Zane, será uma das pesquisadoras que contribuirá para a ciência e tecnologia do Estado no Laboratório Lactec – Delfino Miranda

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.