logo

Comenda Dr. Francisco Ayres marca abertura da 38ª Semana da Cultura e a 2ª Feira Literária Portuense

Tendo como tema “Do Pontal ao Nacional, 281 anos escrevendo história”, a 38ª Semana da Cultura de Porto Nacional foi aberta oficialmente na noite dessa quarta-feira, 19, com o descerramento da fita no Espaço Eli Brasiliense, túnel de estrutura montada que abrigará, durante cinco dias, as atividades do tradicional evento que traz também a 2ª Feira Literária Portuense (FLIP), considerada a maior do Tocantins.

O prefeito Joaquim Maia deu as boas-vindas à Semana e  à FLIP, acompanhado da primeira dama, Aline Maia, do vice-prefeito, Ronivon Maciel, do secretário municipal da Cultura e do Turismo, Arnaldo Bahia, do escritor regional homenageado e patrono do evento, Edivaldo Rodrigues, além da presença de autoridades locais e estaduais, e de toda a equipe da gestão.

No primeiro momento da solenidade, a Folia do Divino foi recepcionada no portal de entrada do Espaço Cultural Beira Rio, localizado na orla da cidade.

O maestro Wada, que coordena a Banda Sinfônica Professora Eunice Maia, do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) União, fez uma belíssima apresentação solo instrumental, emocionando o público ao som do saxofone.

Entrega de Comendas

Dando prosseguimento ao evento que foi aberto em grande estilo, ao som da Banda Municipal de Música Mestre Adelino e do Coral da Universidade Católica do Tocantins, o prefeito Joaquim Maia entregou a Comenda da Ordem de Mérito Dr. Francisco Ayres da Silva, criada pela Lei Municipal nº 1.582/97 de 16 de junho de 1997.

A cerimônia homenageou 19 personalidades, em consideração ao trabalho de homens e mulheres que contribuem ou contribuíram com o progresso de Porto Nacional em diversas áreas de atuação.

Para o prefeito Joaquim Maia a comenda representa o maior reconhecimento que o poder público municipal concede àqueles que dedicam a vida para ajudar a cuidar da cidade e do povo.

“Nossa palavra hoje não poderia ser outra: Obrigado! Pelas mãos de vocês muito se passou e tem passado o desenvolvimento de Porto Nacional. Os poderes, tanto executivo e legislativo tem a oportunidade de fazer esse reconhecimento, e me sinto feliz em homenagear todas essas pessoas”, destacou o Prefeito.

Confira os comendadores deste ano:

↘ Ademar Maia Leite

↘ Amilton Gomes Barros

↘ Antônio de Sousa Parrião

↘ Armando Martins de Almeida Filho (in memoriam)

↘ Edgar da Conceição (in memoriam)

↘ Ernestino Francisco Cruz (in memoriam)

↘ Jacinto Carlos Pereira Sardinha

↘ Joaquim Ferreira Pinto

↘ José Dias Filho

↘ José Lopes da Silva

↘ Juraci Cavalcante Barbosa

↘ Jurimar Pereira de Macedo

↘ Maria Antônia da Silva Matos

↘ Maria Ivonete Pedreira Brito de Negreiros

↘ Maria de Jesus Mendes Vieira

↘ Maurício Buffon

↘ Osmar Gomes da Silva

↘ Benezer Rodrigues de Andrade

↘ Roque Alves Santiago (in memoriam)

Visionário

A honraria recebeu esse nome em homenagem ao portuense Francisco Ayres da Silva, médico, jornalista e político. Segundo a história, ele foi um idealista, homem de grande visão, que enxergou na região uma imensa perspectiva de progresso e crescimento, alcançando significativo desenvolvimento para sua terra natal.

Nasceu em 11 de setembro de 1872 quando Porto Nacional ainda era chamada Porto Imperial. No Rio de Janeiro, formou em medicina no ano de 1898, doutorando-se em dois de janeiro de 1899 com a tese da “Electrolyse Medicamentosa nas Arthirtes”, pela então Faculdade de Medicina e Farmácia do Rio de Janeiro.

Ao que tudo indica, teria sido o primeiro filho da região a formar-se médico. Ao retornar à cidade portuense é nomeado, por Decreto, em 20 de julho de 1900, professor de Português e Francês. É quando ingressa também na carreira política, ao ser eleito Conselheiro Municipal em 1902 e deputado federal entre 1914 a 1937.

A atuação de Francisco Ayres rendeu-lhe medalha de primeira classe por Mérito Científico Universitário da Academia Italiana de Palermo, na Sicília, em 1910.

Fundou em 1905 o Jornal Norte de Goyaz, extinto na década de 1980, quando deixa o parlamento e produz um dos seus feitos mais memoráveis, fazendo chegar a Porto Nacional o primeiro automóvel, da marca Chevrolet, e um caminhão Ford.

Restauração da Biblioteca Municipal Eli Brasiliense

Durante a cerimônia de abertura da 38ª Semana da Cultura e 2ª FLIP, o secretário da Cultura e do Turismo, Arnaldo Bahia, anunciou a assinatura da ordem de serviço, pelo prefeito Joaquim Maia, que dará início imediato na reconstrução e revitalização da Biblioteca Municipal Eli Brasiliense, localizada no centro da cidade. A mesma se encontra desativada e deteriorada desde a gestão anterior. O ato de assinatura contou com a presença do secretário municipal da Infraestrutura, Cleyovane Lemos.

Secult

O secretário municipal da Cultura e do Turismo (Secult), Arnaldo Bahia, enfatizou que a tradicional Semana da Cultura de Porto Nacional foi construída de forma participativa com todas as pastas da gestão Joaquim Maia e algumas instituições.

“A Semana da Cultura foi criada nos anos 80, na gestão do ex-prefeito Jurimar Macedo, com a intenção de resgatar, incentivar e divulgar o potencial artístico e cultural da nossa região” avaliou o Secretário.

O evento foi prestigiado pelo deputado estadual Júnior Geo, pelo presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Chico Silva, além do desembargador do Estado de Goiás, Jamil Pereira de Macedo.

Shows

No palco Doca do Acordeon, a primeira noite foi abrilhantada pelo Grupo Tambores do Tocantins e pelo cantor goiano Gilberto Correia.

Jonas Amaral

Jonas Amaral - RP Nº: 911 - DRT / TO - Diretor Geral e Editor Chefe do Portal do Amaral – E-Mail: [email protected] – Tel. (63) 98471-7540 / 99975-7227 / WhatSapp: (63) 98471-7540

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.