logo

Setas promove ação de combate ao trabalho infantil em praia de Rio dos Bois

Desde o início do mês uma equipe da Setas faz visitas de conscientização sobre o trabalho infantil junto aos barraqueiros das principais praias do Tocantins.

Destacar a importância do combate ao trabalho infantil foi o objetivo de uma ação realizada pelos técnicos da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), no sábado, 6, junto aos comerciantes da Praia Deserta, no município de Rio dos Bois.

“Trabalhamos para evitar que crianças e adolescentes sejam contratados pelos comerciantes, impedindo assim a violação de seus direitos”, disse o técnico da Setas, Vanderli Cândido de Jesus, que lembra ainda que “as ações mobilizam a sociedade com o intuito de alertar e esclarecer sobre o enfrentamento e o combate ao trabalho infantil”.

A comerciante Marissandra Freitas, que tem uma barraca na praia, mostrou-se bastante receptiva com a ação. Ela disse que  sempre  presencia, principalmente nos fins de semana, crianças auxiliando os pais  na comercialização de vários produtos. “É importante esclarecer a proibição porque muitas vezes os colegas não entendem que isso é ilegal. Às vezes vejo crianças vendendo picolés e outros produtos”, afirmou.

A Psicóloga do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Rio dos Bois, Allanna Santana, que acompanhou a equipe,  ressaltou a importância de um psicólogo na mobilização para orientar e entender os medos e angústias da criança ou do adolescente em vulnerabilidade social.

Visitas 

Desde o início do mês uma equipe da Setas faz visitas de conscientização sobre o trabalho infantil, junto aos barraqueiros das principais praias do Tocantins. Além de Rio dos Bois, as cidades de Pau D’arco, Miracema, Couto Magalhães e Arapoema também já receberam as visitas.

Jonas Amaral

Jonas Amaral - RP Nº: 911 - DRT / TO - Diretor Geral e Editor Chefe do Portal do Amaral – E-Mail: [email protected] – Tel. (63) 98471-7540 / 99975-7227 / WhatSapp: (63) 98471-7540

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.