logo

Conecte conosco

Policiais civis do Tocantins recebem treinamento sobre cumprimento de Mandado de Alto Risco e Técnicas de Abordagem em Zona Rural

O treinamento é aplicado pelo Gote e segue até quinta-feira, 27

Teve início nesta terça-feira, 25, na Escola Superior de Polícia (Espol), em Palmas, o treinamento de 25 policiais civis que  atuam nas delegacias especializadas ligadas à Diretoria de Repressão à Corrupção ao Crime Organizado (Dracco). O treinamento é aplicado pelo Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote) e segue até quinta-feira, 27.

A instrução abrange as disciplinas de Cumprimento de Mandado de Alto Risco (CQB); Abordagem Policial – Emboscada e Contra Emboscada e Técnicas de Abordagem em Zona Rural. A metodologia envolve aulas teóricas, estande de tiro e progressão em mata/floresta.

Presente na abertura do curso, o delegado-geral da Polícia Civil do Tocantins, Claudemir Luiz Ferreira, destacou a importância da qualificação e da interação entre as equipes.  “Esse treinamento é muito importante para que seja nivelado o conhecimento e para a interação das nossas equipes, proporcionando um entrosamento maior, o que contribui para um trabalho de excelência. Além disso, esse é um treinamento que permite troca de informações porque os instrutores também aprendem, há uma grande troca de experiências”, destacou.

O delegado-geral ainda aproveitou para agradecer as equipes pelo trabalho prestado à sociedade tocantinense. “Agradeço a dedicação e o empenho que vocês têm no dia a dia. A nossa Polícia Civil cresceu, melhorou, faz um trabalho investigativo de muita qualidade e eu me sinto orgulhoso e privilegiado por estar à frente da corporação nesta fase. Obrigado pelo que cada um tem feito em prol desta instituição”, concluiu.

O diretor do Gote Rildo Barreira, que estará supervisionando as atividades, ressalta a importância do treinamento para a manutenção da eficácia e eficiência das especializadas. “São essas atualizações que têm grande contribuição para que, ao longo destes anos, não tenha ocorrido morte de nossos policiais em cumprimento do dever legal”, reforçou.

Já o coordenador do Gote Ariston Ribeiro destacou que o treinamento visa trazer técnicas fundamentadas e testadas em operações  ao longo dos 20 anos nos quais o grupo  operacional atua.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.

+ LIDA DA SEMANA