logo

Moradores bloqueiam TO-335 por causa de buracos e Justiça determina liberação do trecho

Bloqueio está sendo feito entre Colinas do Tocantins e Palmeirante.

Agricultores e moradores interditaram o trecho da TO-335 entre Palmeirantes e Colinas do Tocantins, na região norte do estado, na manhã desta terça-feira (16). O bloqueio foi feito próximo ao terminal de carga da ferrovia-norte Sul. Porém, uma decisão da Justiça já determinou que os manifestantes deixem o local.

A principal reclamação é pelas condições da rodovia. Segundo moradores, a via está em péssimas condições e a situação piorou devido ao período chuvoso, causando prejuízos e aumentando os custos com manutenção dos veículos.

O pedido de desbloqueio foi feito pela VLI, que detém a concessão do transporte de cargas pela ferrovia norte-sul no trecho do Tocantins, ainda na tarde desta segunda-feira (15). Na decisão, o juiz autorizou inclusive o uso de força policial para desbloquear a rodovia.

Um dos organizadores do movimento disse que pediu o desbloqueio logo após tomar conhecimento da decisão.

Manutenção

O governo do estado, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), informou que equipes da Residência Rodoviária de Guaraí estão realizando a manutenção do trecho da TO-335, que liga Palmeirante a Colinas, desde a semana passada.

Segundo a Ageto, o trecho está recebendo serviços de correção do pavimento (tapa-buracos) e os trabalhos serão intensificados assim que as condições climáticas permitirem.

Outros bloqueios

Esta é a terceira interdição de rodovia feita por moradores na região norte do estado. Em março, moradores bloquearam a TO-010 no trecho entre as cidades de Ananás e Riachinho, no norte do Tocantins, e só deixaram o local após o estado enviar máquinas para realizar manutenção da via.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.