logo

Mais de 900 alunos de Gurupi participam da culminância do Projeto Rio + 20

A Escola Estadual Dr. Joaquim Pereira da Costa, em Gurupi, sul do Tocantins, realizou na quarta-feira, 31, a culminância do Projeto Rio + 20: o debate continua. O trabalho que vem sendo desenvolvido há mais de dez anos objetiva fazer com que os alunos, ainda no ensino regular, tenham um contato com a pesquisa e a produção científica.

Mais de 900 estudantes, com o acompanhamento de 45 monitores, organizaram diversas ações do projeto, dentre elas a revitalização do pátio escolar, a elaboração de artigos científicos, feitos pelos alunos da 3ª série do ensino médio. Na ação dessa quarta-feira, os grupos fizeram as apresentações para colegas e comunidade escolar. O evento aconteceu nos três turnos e contou com a participação de ex-alunos da unidade, hoje cursistas em instituições de ensino superior e no Serviço Social da Indústria (Sesi) que falaram sobre a importância da robótica e apresentaram alguns protótipos.

O coordenador das atividades, Adelson Bezerra, explicou que o tema deste ano é Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente. O docente destacou que a temática foi discutida com os alunos, que relacionaram os assuntos com a sociedade atual.  “Durante todo o ano letivo, os discentes desenvolveram ações do projeto, entre as quais podemos citar: exposições, revitalização do jardim da unidade escolar e também a produção de artigos científicos”, salientou.

Adelson Bezerra destacou que este projeto é um diferencial na vida dos estudantes, representa transformação e quebra de barreiras. “Durante este período, sanamos as dificuldades encontradas em sala de aula, a principal delas relacionada à escrita e comunicação oral”, disse.

Conforme Débora Ribeiro dos Santos, gestora da unidade escolar, a pesquisa contribui para a formação profissional do aluno. “É uma forma de produzir conhecimento e estabelecer respostas, o que exige habilidades específicas. Priorizamos desenvolvê-las em nossos alunos, pois acreditamos na capacidade deles e na qualificação dos nossos profissionais”, frisou.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.