logo

Limitadores de altura são retirados de ponte após Bombeiros não conseguirem passar para combater incêndio

Morador teve casa destruída enquanto caminhão dos Bombeiros esperava balsa na segunda-feira (24). Trânsito no local será controlado pela Ageto e pelo batalhão rodoviário da PM.

Os limitadores de altura da ponte sobre o rio Tocantins em Porto Nacional foram retirados na noite desta quarta-feira (26). Uma caminhão da Agência Tocantinense de Obras (Ageto) foi até o local para realizar o serviço. A medida foi determinada após um caminhão do Corpo de Bombeiros não conseguir passar pela estrutura para combater um incêndio por causa dos equipamentos.

O caso foi na última segunda-feira (24). O pedreiro Sebastião Gomes viu a própria casa ser destruída pelo fogo enquanto o caminhão esperava a balsa para poder fazer a travessia. As chamas foram apagadas com a ajuda de vizinhos depois que boa parte do imóvel já tinha sido consumida.

Os limitadores foram instalados após a ponte ficar quatro meses interditada para avaliação da estrutura. O tráfego de veículos pesados não é permitido no local por questões de segurança e por isso foram colocados dois pórticos para controlar a passagem. O problema é que os equipamentos eram mais baixos que o necessário para a passagem de ambulâncias e outros veículos de emergência.

O Governo do Tocantins informou que a retirada é temporária e que os equipamentos serão reinstalados com alterações que permitam a passagem de veículos de emergência.

A Ageto informou que agora o trânsito no local será controlado por funcionários da Agência e também pelo batalhão rodoviário da Polícia Militar. Uma régua será utilizada para medir a altura dos veículos e uma balança também será instalada. A multa para quem trafegar em local não permitido pela sinalização é R$ 130,16 e a infração é considerada média.

Jonas Amaral

Jonas Amaral - RP Nº: 911 - DRT / TO - Diretor Geral e Editor Chefe do Portal do Amaral – E-Mail: [email protected] – Tel. (63) 98471-7540 / 99975-7227 / WhatSapp: (63) 98471-7540

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.