logo

José Benilson prepara lançamento de livro para a II Feira Literária Portuense

Escritor de Filadélfia, no norte do Estado do Tocantins, o professor José Benilson, estará lançando a segunda edição de seu livro O Barraria (Editora Veloso), no próximo dia 23, a partir das  19 horas, no stand da  Editora Veloso, durante a II FLIT – Feira Literária Portuense.

O lançamento faz parte da programação da 38ª Semana da Cultura de Porto Nacional, que acontece de 19 a 23 de junho, no Espaço Cultural Beira Rio, na orla da cidade.

Sobre o título de seu livro,  José Benilson explica que Barraria é uma região inóspita, localizada no planalto central brasileiro, ressaltando que a  literatura infantil desempenha um papel importante, conduzida por meio de seu livro que é, na verdade,  uma exposição dos costumes de um povo que vive e conserva sua tradição, superando os contrastes da natureza e se adequando à modernidade sem perder sua originalidade.

“Na Barraria, existem vários contrastes, um dos que mais chama a atenção são os períodos de seca e de chuva. Na seca, as árvores  secam e caem as folhas. Os riachos, grotas e cacimbas igualmente  secam e a água para beber torna-se difícil porque se busca em lugares distantes, através de tração animal ou levada na cabeça para casa. Enquanto nos tempos chuvosos, o barro amolece virando um grande lamaçal, as árvores ficam frondosas, os sapos fazem festas nas águas que transbordam nos riachos, grotas, casinhas e também nas poças d’água ao redor da casa”, explica o autor.

Sobre o autor

José Benilson Espirito Santo Pinto, filadelfiense, graduado em pedagogia pela Universidade do Estado do Tocantins – UNITINS. Em 1991, foi responsável pela formação o grupo de teatro amador “Os Cobras” de Filadélfia, com 26 participantes, que em 1995 foi incluído no primeiro censo cultural do Estado do Tocantins.

Participou da corrente poética de Tocantinópolis, onde aprendeu com seus mestres a fazer poesias críticas à política das oligarquias filadelfienses. Escreveu crônicas,  sempre defendo a liberdade do povo humilde, que foram publicadas em jornais da região.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.