logo

Homem é condenado a 12 anos de prisão por assassinato em praça de Tocantínia

Crime aconteceu em 2019 após uma confusão em um bar. Outros dois suspeitos do crime aguardam julgamento.

O Tribunal do Júri condenou Júlio César de Sousa Soares a 12 anos de prisão pela morte de Marcos André Santos Silva, de 21 anos. O crime aconteceu em 2019 em uma praça de Tocantínia, na região central do estado. O julgamento foi realizado nesta quinta-feira (29) no novo Fórum de Miracema do Tocantins.

Júlio César é um dos três acusados pelo homicídio de Marcos André. Na época do crime a polícia informou que ocorreu uma confusão em um bar e a vítima entrou em luta corporal com os acusados.

De acordo com o MPE, Júlio Cesar foi o responsável por dar um golpe de canivete no peito da vítima. O réu foi condenado a 12 de prisão por homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e não dar chance de defesa para a vítima, mas ainda pode recorrer da condenação.

Os outros dois réus ainda não foram julgados.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.