logo

HGP conta com aplicativo que reduz o tempo de assistência ao paciente com AVC

Para diminuir o tempo de atendimento e melhorar a comunicação dos profissionais de saúde para reconhecer os sinais clássicos do AVC, foi implantado este ano, no Hospital Geral de Palmas (HGP) o aplicativo Join. A ferramenta ajuda a equipe a obter suporte na mesma hora em casos de suspeitas de AVC. Dentro do hospital todos os profissionais envolvidos num possível caso podem se comunicar com rapidez e eficiência, diminuindo o tempo de atendimento do paciente e aumentando as chances de recuperação sem sequelas.

O médico especialista em neurologia vascular e coordenador do setor de Neurologia Clínica do HGP, Marcelo Cabral, explica que o tratamento apropriado de um AVC nas primeiras quatro horas e meia é crucial para garantir a sobrevivência e diminuir a chance de sequelas. “Este aplicativo otimiza a comunicação da equipe multiprofissional no Hospital e fora dele. O Join torna possível aos profissionais compartilhem informações médicas essenciais, permitindo um auxílio diagnóstico de alta precisão, ajudando a equipe de emergência a obter suporte na mesma hora”, destacou.

O aplicativo faz parte do programa Angels criado pela Boehring Ingelheim, um projeto global que visa aumentar o número de hospitais preparados para o AVC, melhorando a qualidade do tratamento nas Unidades de Cuidado Agudo de AVC- (U-AVC) já existentes. Em 2017, 80 hospitais participaram do projeto e a expectativa é alcançar pelo menos 190 unidades capacitadas.

Unidade de Cuidados Agudos do AVC

Há mais de dois anos o HGP conta com um serviço especialmente destinado aos pacientes que sofrem de AVC, chamada Unidade de Cuidados Agudos do AVC (U-AVC). Com o serviço o Hospital passou a ser referência para o atendimento aos pacientes com AVC, realizando o procedimento com o uso de trombolítico, conforme Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas específicos. Só no HGP em 2017, foram cerca de 100 internações por AVC e 70 em 2018.

Ações

No próximo dia 29 é celebrado o Dia Mundial de Combate ao Acidente Vascular Cerebral (AVC). Para alertar e capacitar os profissionais na identificação do AVC, no dia 26 e 27 de outubro, às 9h, o médico Marcelo Cabral, realizará palestras destinadas aos profissionais  médicos e enfermeiros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) da capital, com intuito de abordar as atualizações de atendimento aos pacientes diagnosticados com AVC.

Tipos de acidente vascular cerebral

Acidente vascular cerebral isquêmico é causado pela obstrução ou redução brusca do fluxo sanguíneo em uma artéria do cérebro, o que causa a falta de circulação vascular na região. O acidente vascular isquêmico é responsável por 85% dos casos de acidente vascular cerebral.

Acidente vascular cerebral hemorrágico acontece quando um vaso se rompe espontaneamente e há extravasamento de sangue para o interior do cérebro. Este tipo de AVC está mais ligado a quadros de hipertensão arterial.

Sinais e sintomas de acidente vascular cerebral

Fraqueza de um lado do corpo

Dificuldade para falar

Perda de visão

Perda da sensibilidade de um lado do corpo

Alterações motoras

Paralisia de um lado do corpo

Distúrbio de linguagem

Distúrbio sensitivo

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.