logo

Governo, por meio do Sine, orienta trabalhadores sobre a Carteira de Trabalho Digital

 Carteira de Trabalho Digital pode ser feita via aplicativo, instalado em smartphones com sistema operacional Android e IOS e funcionará como uma extensão do documento físico.

O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas) e Sistema Nacional de Emprego (Sine), em parceria com o Ministério da Economia estão orientando os trabalhadores sobre a emissão da Carteira de Trabalho Digital (CTPS Digital), que agora pode ser feita via aplicativo, instalado em smartphones com sistema operacional Android e IOS e funcionará como uma extensão do documento físico. A ação acontece nesta quarta-feira, 6, e segue até a sexta-feira, 8, na sede central do Sine, em Palmas.

De acordo com o diretor do Sine/TO, José Alberto, a proposta é orientar e sanar as dúvidas dos trabalhadores com relação à nova carteira. “Por conta de ainda ser uma novidade, os trabalhadores ainda estão inseguros quanto à CTPS Digital; a orientação é para que todos entendam as vantagens da nova carteira”, pontuou.

Por meio do aplicativo é possível também consultar os contratos de trabalho, em que são disponibilizados informações referentes aos seus vínculos como os dados da empresa contratante e cargos e salários.

O representante da Superintendência Regional do Trabalho do Tocantins, Rafael Bezerra, disse que a Carteira de Trabalho Digital deverá, com o tempo, substituir a carteira física. “Até 2020 a carteira física deixará de ser emitida, e com a nova carteira digital o trabalhador terá mais segurança, já que as informações estarão disponíveis no sistema e poderão ser acessadas a qualquer momento”, afirmou.

Para solicitar a Carteira de Trabalho Digital

A 1ª ou 2ª via da Carteira de Trabalho pode ser solicitada por meio do pré-cadastro web disponível no endereço: www.precadastroctps.trabalho.gov.br.

No ambiente do Acesso.gov.br, o trabalhador deverá informar seus dados pessoais: CPF, nome completo, telefone celular para receber SMS e e-mail. Estas informações serão validadas nas bases de Governo.

O solicitante deverá preencher o formulário de pré-cadastro válido por 30 dias, e comparecer a um posto de atendimento para validar as informações e formalizar o pedido do documento.

Primeiro é necessário obter a senha de acesso no Acesso.gov.br. Quem não possui a senha, pode adquiri-la através do Aplicativo da CTPS Digital, ou clicando no link Acesso.gov.br.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.