logo

Conecte conosco

Fala do Deputado Estadual tocantinense, José Roberto repercute de forma negativa no meio evangélico

O apresentador Geronimo Cardoso, que comanda um dos programas de maior audiência no estado, também expressou descontentamento com a fala do Deputado Estadual, José Roberto Lula sobre o posicionamento. 

O Deputado Estadual em seu pronunciamento, começa a dizer que os principais disseminadores de Fake News no país são, polícia militar, civil, federal, a segurança num contexto geral, assim como alguns pastores de igrejas evangélicas brasileiras.

O discurso do Deputado estadual, gerou bastante discussão, repercutindo negativamente a ele. Representantes de igrejas evangélicas fizeram seus manifestos.

O Pastor Daniel Nascimento disse que o posicionamento do deputado é leviano ao afirmar que as igrejas são responsáveis pela pandemia da COVID-19. “Nós levamos a verdade e não a mentira”, completou o pastor.

O pastor e teólogo Robson Ciriaco, afirmou que dizer isso sobre as igrejas é um afrontamento. E que o deputado acaba por não reconhecer os papéis morais, sociais e espirituais desenvolvidos pela entidade.

Vários outros pastores externaram em suas redes sociais suas insatisfações com as palavras infundadas do Deputado Estadual, José Roberto Lula. E agora a classe evangélica com certeza se unirá e lembrará muito claramente dessa fala desnecessária desse parlamentar nas próximas eleições.

As igrejas tem sido um apoio revelante neste período de pandemia, sendo responsáveis de arrecadar e distribuir alimentos para os mais necessitados, dar alento as pessoas que perderam entes queridos por causa do vírus da COVID-19, apoiar aos acometidos e prestar todo um suporte físico e espiritual às pessoas.

Veja o vídeo:

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.