logo

Estudantes iniciam mobilização para conseguir vaga na olimpíada nacional de jogos digitais

Eles poderão ingressar na olimpíada nacional se vencerem a votação popular que está sendo realizada no portal http:// jams.gamejolt.io/gamejamplus2019

 

Os estudantes da Escola Estadual Professora Elizângela Glória Cardoso que alcançaram o 2º lugar na fase regional da Olimpíada Game Jam Plus, de criação de jogos digitais, evento realizado nos dias, 2, 3 e 4, em Palmas, iniciaram uma mobilização para apresentar o jogo Turtle Denfense (Defesa de Targaruga) e conseguir votos. A equipe depende de uma votação popular para ter a chance de participar das olimpíadas nacionais, que serão realizadas no Rio de Janeiro, no mês de novembro. A votação está sendo realizada no portal http:// jams.gamejolt.io/gamejamplus2019. Vencerá a equipe que apresentar mais engajamento, compartilhamento e downloads do jogo.

A equipe, formada por alunos da 3ª série do ensino médio e que fazem parte do Clube de Robótica, é composta por: João Vitor Abreu, 18 anos; Lucas Alexandre Cruz, 18 anos; Mariana dos Santos, 17 anos; Isabela de Barros, 17 anos; Luiz Alberto do Nascimento, 17 anos; Luiz Nicolau Lemos Freitas, 17 anos; e Rubens Eduardo, 18 anos. Os estudantes criaram o game Turtle Defense, que além de divertir, passa para o público uma mensagem de cuidado com o meio ambiente.

O diretor Manoel Alves de Souza Filho explicou que o resultado que essa equipe alcançou demostra a eficiência do programa Escola Jovem em Ação, que coloca o aluno como protagonista de sua história. “Esses estudantes são autônomos, eles fizeram toda a etapa dos jogos, desde a ideia, criação e desenvolvimento. Eles realizaram todo esse trabalho sozinhos, não contaram com a ajuda de professores. Eles mostraram criatividade, o valor do trabalho em grupo, evidenciando as habilidades de cada um. São alunos com grande potencial”, esclareceu.

“O jogo ficou muito bom. A equipe estava bem organizada, e cada membro tinha uma função definida, um responsável pela programação, outro pelo desenho, outro pelo marketing”, frisou o estudante João Vitor. Ele acrescentou que tiveram foco na mensagem que gostariam de passar para o público. “Podemos aproveitar os jogos digitais e influenciar uma geração de crianças e jovens a desenvolverem uma consciência ambiental”.

“Utilizamos uma tartaruga, figura conhecida nos jogos digitais, que luta contra a poluição”, frisou o aluno Lucas.

“Alcançar o 2º lugar foi um ótimo resultado, porque tivemos apenas um final de semana para a preparação. E ter a chance de ir para as competições nacionais é um momento de aprendizagem e de conquistas”, ressaltou a estudante Mariana.

Os estudantes pretendem visitar outras unidades escolares para divulgarem a olimpíada e alcançarem uma maior votação.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.