logo

Conecte conosco

Em Araguaína, governador Wanderlei Barbosa se compromete em levar melhorias para importantes unidades de saúde da cidade

Chefe do Executivo visitou o Hospital Dom Orione e o Hospital de Doenças Tropicais (HDT) e enfatizou a importância do investimento em saúde pela gestão estadual

O governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, visitou nesta sexta-feira, 21, unidades de saúde de Araguaína, onde se comprometeu com o fortalecimento do atendimento público em saúde na segunda maior cidade do Estado e importante polo econômico do Tocantins. Na ocasião, o Chefe do Executivo estava acompanhado da primeira-dama e secretária extraordinária de Participações Sociais, Karynne Sotero, e de sua equipe de governo, além dos deputados Jorge Frederico e Marcus Marcelo, representantes do legislativo estadual.

As unidades de saúde visitadas em Araguaína foram: o Hospital Dom Orione e o Hospital de Doenças Tropicais (HDT).

Durante a visita ao Dom Orione, o deputado estadual Jorge Frederico anunciou uma emenda de R$ 250 mil para o hospital, valor esse que o governador se comprometeu em fazer o repasse o mais rápido possível. “O cuidado com o nosso povo é uma das principais frentes da nossa gestão. Estamos comprometidos em proporcionar um atendimento de qualidade à população, investindo em infraestrutura e modernização nas nossas unidades de saúde na cidade de Araguaína”, pontuou o chefe do Executivo, que foi recebido pelo diretor-presidente da unidade, padre Bruno Rodrigues.

Já no Hospital de Doenças Tropicais, o governador comentou sobre a importância da cooperação interinstitucional na gestão da saúde na cidade. “Da mesma forma que estamos fazendo o Hospital Geral de Araguaína, vamos trabalhar para firmar compromissos para que a gente possa atender bem as pessoas do Tocantins, da região de Araguaína, e também as que vêm do Pará e do Maranhão. Aqui no HDT, eles têm em torno de 24 leitos livres, então podemos fazer um convênio para aumentar o atendimento público da saúde na cidade”, destacou o governador Wanderlei Barbosa.

O superintendente do HDT, Antônio Oliveira dos Santos Júnior, recebeu com entusiasmo a visita do Governo do Tocantins e ressaltou sua empolgação com a aliança entre a unidade de saúde e o Estado. “Esse compromisso de viabilizar novos atendimentos com certeza irá beneficiar a população de Araguaína, ajudando o município na gestão dos gargalos, atualmente, enfrentados na cidade”, pontuou o gestor.

Hospitais

O Dom Orione atende na região norte do Tocantins há mais de 40 anos, sendo o hospital particular mais antigo, ainda em atividade, na cidade de Araguaína. Por ser uma unidade hospitalar filantrópica, precisa destinar 60% dos atendimentos ao Sistema Único de Saúde (SUS), ofertando serviços em obstetrícia, neonatologia, UTI Neonatal, cirurgias cardíacas e embolização de forma gratuita à população. Com o credenciamento do Servir, os servidores do Estado têm, na unidade, acesso a mais de 50 especialidades médicas no Hospital.

Agora sob gestão da Universidade Federal do Norte do Tocantins (UFNT), o Hospital de Doenças Tropicais (HDT) foi doado pelo Governo do Estado, contando com 51 leitos de internação e seis cadastrados para tratamento de pacientes com Aids. Na unidade, são oito consultórios no ambulatório e profissionais que atuam nas áreas de pneumologia, dermatologia, ginecologia, clínica médica, pediatria, infectologia e hepatologia. O hospital tem mesclado o serviço de ambulatório e internação, um dos poucos que têm essa estrutura no Estado. A média de atendimento ambulatorial é de 120 pacientes por dia e a taxa de ocupação é de 60%, já que a maioria dos casos necessita de isolamento.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.

+ LIDA DA SEMANA