logo

Presidente Ronaldo Eurípedes destaca parceria da OAB na modernização do Judiciário tocantinense

Ao participar no início da noite desta quarta-feira (27/1) da solenidade de posse da nova Diretoria Executiva e dos conselheiros da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Tocantins, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Ronaldo Eurípedes, citou o presidente da OAB Nacional, Marcos Vinicius, para dizer que “Advocacia e Magistratura  são duas asas do mesmo pássaro: a jurisdição”.

Membro do Tribunal de Justiça pelo quinto constitucional destinado à Advocacia, o desembargador elogiou o envolvimento da classe na consolidação do sistema eletrônico do Judiciário Tocantinense, o e-Proc/TJTO. “Fico feliz em dividir com a sociedade que o Judiciário do Tocantins é o único da Federação 100% eletrônico, iniciando na Delegacia de Polícia e indo até ao Supremo Tribunal Federal”, disse ele.

O presidente afirmou que o sistema tem avançado naquilo que a advocacia, juntamente com os magistrados e servidores entendem que será melhor para a comunidade. “Estamos buscando a modernização, porque não temos como avançar sem nos modernizarmos”, esclarece.

O desembargador citou também um novo desafio que a advocacia e o judiciário têm pela frente, com a entrada em vigor este ano do novo Código de Processo Civil (CPC). “As ações nascem aqui (na advocacia)”, disse ele. “O advogado é quem primeiro analisa o feito para o cidadão e o novo Código de Processo Civil vem aí, com ênfase para a conciliação”.

Esta é uma novidade difícil para a advocacia, segundo o presidente, pois o advogado é preparado para a disputa e o novo código traz, antes do ajuizamento, o pré-processual, “que é o que todos nós temos que buscar. Esse talvez seja o grande desafio da advocacia desse novo tempo: entender que nós mudamos, graças a Deus pra melhor”.

Para o desembargador, “a sociedade deposita nas mãos do Judiciário, através dos advogados, suas angústias e também suas esperanças. E o Judiciário tem dado a resposta que a sociedade precisa, seja na apuração de processos criminais, seja na velocidade dos seus julgamentos (no caso do Tocantins especialmente). Temos orgulho de termos o processo mais veloz do país hoje. Esse é o Judiciário que os senhores ajudaram a construir”.

Ao encerrar seu pronunciamento o presidente do TJTO afirmou que “somos protagonistas da história e Deus nos deu a graça de viver num estado onde a história está sendo escrita por cada um de nós”.

Parceiros:

Pro_2

Fonte:
Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.