logo

Educação divulga balanço do Carnaval do Bem e contabiliza mais de cinco mil jovens beneficiados

A Superintendência de Juventude, da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), divulgou nesta quinta-feira, 2, o balanço das ações do Carnaval do Bem. A campanha, realizada em 81 municípios do Tocantins, nos dias que antecederam o período carnavalesco, teve como intuito promover atividades de conscientização voltadas para a juventude.

As ações preventivas aconteceram em escolas públicas alertando os jovens para a possibilidade de aproveitar a folia com segurança. Por meio de palestras, blitz educativas e distribuição de material informativo, foram abordados temas relacionados à violência, aos acidentes causados pela ingestão de bebidas alcoólicas e consumo de drogas e a utilização de preservativos como precaução contra as doenças sexualmente transmissíveis e a gravidez na adolescência.  A campanha foi desenvolvida em parceria com as secretarias estaduais de Saúde, da Comunicação, da Cidadania e Justiça, Detran, Polícia Militar (Proerd) e conselhos municipais sobre drogas.

De acordo com o superintendente de Juventude, Ricardo Ribeirinha, mais de cinco mil alunos foram beneficiados diretamente pelas diversas ações. “Além dos alunos que foram sensibilizados pelas ações nas cidades sede das 13 Diretorias Regionais de Educação, outras 68 cidades foram visitadas pela equipe do Proerd, com esse mesmo propósito de trabalhar com a prevenção. Também fizemos uma grande mobilização nas redes sociais”, frisou.

Para Ribeirinha, a campanha contribuiu para que o “Tocantins tivesse um carnaval mais tranquilo. Com menos registros de ocorrências de violência, de acidentes causados pelo uso de álcool e outros dados positivos divulgados nos balanços do carnaval deste ano. Acredito que nosso objetivo foi alcançado”, enfatizou.

A aluna Ingrid Morais, estudantes do 9º ano do Colégio João D’Abreu, de Dianópolis, destacou o caráter preventivo da iniciativa. “As palestras são uma forma de levar esclarecimento para quem vai curtir o carnaval. Vemos vários jovens no caminho das drogas, adolescentes grávidas, talvez por não conhecer os meios de prevenção. O projeto ajuda a alertar esses jovens”, ressaltou.

Segundo a diretora do Centro de Ensino Médio Aryzinho, de Gurupi, Zulene Franco, o resultado desse trabalho “é extremamente positivo. É um momento de que precisamos nos sensibilizar com a causa, porque é fundamental que nossos jovens estejam mais atentos e não usem drogas, ou abusem de bebidas alcoólicas”, alertou.

O estudante Gabriel Cardoso Ribeiro, da Escola Estadual Duque de Caxias, de Palmas, enalteceu a linguagem utilizada nas ações. “Eles falam diretamente para os jovens. A escola deve realizar mais atividades como essa, porque percebemos que muitos jovens estão sem direção, são guiados por amizades e é necessária a conscientização”.

Com o sucesso do projeto neste ano a Superintendência de juventude já estuda a proposta de promover atividades contínuas de prevenção e orientação voltadas para o público juvenil do Tocantins.

Fonte:
Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.