logo

Vereador Filipe Martins faz alerta sobre votação do STF que decidirá ensino de ideologia de gênero para crianças

Durante sessão que ocorreu na manhã desta terça-feira, 27, na Câmara de Palmas, o vereador Filipe Martins (PSDB) alertou que a família brasileira corre grande perigo.

O parlamentar lembrou que a mais nova batalha travada no Supremo Tribunal Federal (STF) está marcada para o dia 11 de novembro, quando a maior instância do poder judiciário vai decidir se escolas de todo Brasil serão obrigadas a ensinar ideologia de gênero para crianças.

“Estão pautadas para este dia ações que discutem a constitucionalidade de leis municipais e estaduais que proíbem a inclusão de expressões relacionadas à ideologia, identidade e orientação de gênero nas escolas públicas. O tema é objeto da ADPFs 462, 466 e 578, bem como da ADI 5668 apresentada pelo PSOL.”, explicou.

Para Martins, não se trata de ensinar às crianças que se deve respeitar qualquer pessoa simplesmente pela sua natureza humana, mas sim de ideologizar crianças, longe da vigilância dos pais, acerca da maior farsa dos últimos tempos: a ideologia de gênero, que diz que a natureza sexual humana é biologicamente insignificante e que cabe à pessoa decidir o que será independente desta mesma condição biológica.

 “Não importa que você tenha nascido homem ou mulher, que seu corpo produza hormônios masculinos ou femininos, que você tenha órgãos masculinos ou femininos… Isso não significa rigorosamente nada, esteja ‘livre’ para ser o que quiser, é isso que essa ideologia quer empurrar goela abaixo”, disparou.

O parlamentar disse que acompanhará a votação, não se calará e lembrou: “é preciso que brasileiros tomem ciência do que se passa e possamos pressionar os outros poderes para que também se posicionem contra esta aberração”.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.