logo

Conecte conosco

UnirG adota Programa de Recuperação de Crédito

Essa semana, as pessoas que possuem dívida ativa com a Universidade de Gurupi – UnirG terão a chance de quitá-la. A Fundação UnirG dará a oportunidade para os devedores negociarem seus débitos com a Instituição por meio do Programa de Recuperação de Crédito – Refis/UnirG 2021. O Programa inclui ainda os beneficiários do Crédito Estudantil da UnirG – CrediUnirG Plus. O prazo das negociações inicia nesta quinta-feira, 10, e segue até 30 de agosto.

O Refis/UnirG é uma política de negociação que facilita a quitação de débitos antigos de alunos e ex-alunos com a Instituição, até dezembro de 2020. Com o Programa, eles terão a chance de negociar em até 24 parcelas.

As modalidades variam desde a isenção de juros e multas para pagamentos à vista, como parcelamentos em até 10 vezes no cartão de crédito ou em 24 vezes no boleto bancário.

Segundo o presidente da Fundação UnirG, Thiago Miranda, as diversas formas de pagamento facilitarão aos que pretendem retornar aos estudos. “Aproveitando esse momento de pandemia, poderão capacitar-se para o mercado de trabalho. Todos que estão negativados poderão participar do Refis e esperamos com isso, quem estiver afastado da sala de aula por causa da dívida, possa retornar aos estudos, assim também teremos um incremento em nossa receita financeira”, falou.

Caso o devedor tenha sido beneficiado com o Crédito Estudantil da UnirG –CrediUnirG Plus, a negociação também será permitida. “A pessoa que tem dívida com a UnirG pelo CrediUnirG poderá também, além de prestar serviços, negociar seu débito por meio das mesmas facilidades de pagamento oferecidas no Refis. É importante a pessoa procurar a Instituição para ver qual a melhor maneira para acertar a negociação”.

Condições

O interessado deve procurar a Tesouraria da UnirG para conferir qual a melhor forma de pagamento disponível:

– À vista haverá isenção de juros e multas, além do desconto de até 100% da atualização monetária;

– Em até 10 vezes no cartão de crédito haverá isenção de até 100% da correção monetária, bem como dos juros e multas;

– Em até 24 parcelas no boleto bancário haverá a isenção de até 100% dos juros e multas. O pagamento da primeira parcela deverá ser feito imediatamente após formalização do acordo;

– Em relação à dívida do CrediUnirG Plus, os descontos não incidirão sobre a atualização monetária referente ao período de carência concedido para o início de pagamento;

– A entrada da negociação nunca poderá ser inferior ao valor das parcelas;

– Será exigido fiador com comprovação de renda compatível com as parcelas, além da inexistência de restrição financeira;

– Nos casos em que já houver fiador, o mesmo será mantido com algumas exigências, como por exemplo, a complementação da fiança ser dispensada mediante entrada acima de 30% do valor acordado.

Estas e outras informações podem ser conferidas na Tesouraria da UnirG pelos telefones: (63) 3612-7643, 3612-7524 (WhatsApp), 3612-7616 e 3612-7500; também através do e-mail: [email protected] ou ainda, presencialmente no departamento, localizado no Campus II, (avenida Rio de Janeiro, entre ruas 09 e 10, centro, Gurupi/TO).

Sanção da Lei

A negociação sobre o Refis somente foi possível com a sanção da prefeita de Gurupi, Josi Nunes, ocorrida no último dia 02, com a aprovação da Lei nº 009/2021.  O projeto foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal de Gurupi, durante sessão extraordinária, realizada no dia 01 de junho.

A prefeita Josi Nunes espera que, com o Refis, os estudantes em débito com a UnirG possam regularizar sua situação e retomarem seus estudos com mais tranquilidade. “Elaboramos o projeto junto com a UnirG para facilitar a vida do estudante que queira rever seus pagamentos. Eles desejam acertar suas contas, mas alguns entraves acabam aumentando esse valor para o aluno. Então o Refis contribui para que o estudante resolva suas questões financeiras com a Instituição”, finalizou a prefeita.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.