logo

TJTO recebe reconhecimento nacional por programa de estágio

O Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO) recebeu reconhecimento nacional pelo programa de estágio desenvolvido no Judiciário estadual durante a 9ª edição do Prêmio CIEE Melhores Programas de Estágio. A certificação, que busca valorizar as iniciativas que contribuem para o desenvolvimento de estudantes brasileiros com foco no mercado de trabalho, é da Associação Brasileira de Recursos Humanos em parceria com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e a empresa Toledo & Associados Research.

Criado em 2009, o programa de estágios do Judiciário tocantinense já recebeu mais de mil universitários e, desde 2015, conta com um setor específico para atender a esse público.  Atualmente participam do programa 349 estagiários dos cursos de Arquitetura, Fisioterapia, Ciências Econômicas, Serviço Social, Psicologia, Engenharia Ambiental, Engenharia Elétrica, Engenharia Civil, Enfermagem, Comunicação Social, Ciências Contábeis,Direito, Administração e Sistemas da Informação.

O programa de estágio do TJTO foi avaliado pelos próprios estagiários, que atribuíram notas para vários aspectos da experiência profissional na instituição. Segundo o responsável pelo setor de estágio da Diretoria de Gestão e Pessoas (Digep), Gabriel Guerreiro, o bem-estar e o aprendizado foram os pontos de maior destaque nas avaliações. “A maior parte dos estagiários demonstrou que sente orgulho e prazer em trabalhar no TJTO e reconhecem a contribuição da experiência para a sua formação profissional”, declarou.

Experiência

A estudante de Direito, Marília Carneiro Brito, estagia há cerca de um ano e meio na Diretoria Judiciária. Para ela, a experiência do estágio é fundamental para sua formação acadêmica. “Aqui eu estou me familiarizando com o trabalho. Já tenho contato com os processos e utilizo o sistema e-Proc. E além disso o Tribunal de Justiça é o principal órgão do Judiciário tocantinenses, então é uma ótima experiência”, contou.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.