logo

Conecte conosco

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Gurupi inaugura Sede Própria e vai economizar quase 20 mil por ano

O que era um sonho, agora virou realidade. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Gurupi (SISEMG), inaugurou na sexta – feira (24), a Sede própria da Entidade.

O prédio fica na Avenida Rio de Janeiro, do setor Canaã, em Gurupi/TO. Em uma cerimônia oferecida aos sindicalizados, a presidente do Sindicato, Luciléia Nascimento, mostrou a nova estrutura e falou das ações que ainda serão feitas.

Para a Presidente, a nova aquisição é a realização de um sonho, que começou a ser estruturado assim que tomou posse em 2019. A Presidente viu a necessidade de terem um local próprio e evitar os gastos em aluguéis. “Começamos a trabalhar de forma ainda mais pontual nesse objetivo. Em quase quatro anos conseguimos economizar o suficiente e hoje temos nosso próprio local. Um imóvel com vários cômodos, que serão transformados em recepção, escritórios, copa, área ampla e um espaço grande de lazer voltado exclusivamente aos sindicalizados”, explicou Luciléia.

O imóvel fica de esquina e tem duas entradas, uma pela avenida e outra pela rua. O espaço de lazer tem piscina, freezer, caixa de som, banheiro e churrasqueira. Agora a Diretoria Executiva do Sindicato já trabalha na elaboração do regulamento para uso da área de lazer.

Em quase quatro anos, o Sindicato conseguiu aumentar o número de filiados, de pouco mais de 200 para quase mil, o que tem gerado uma receita maior e proporcionado maiores benefícios para a classe. O SISEMG tem como objetivos estatutários a luta pelos direitos dos servidores municipais de Gurupi e nos últimos anos tem mostrado a força que a classe tem por meio da Presidente Luciléia e de toda Diretoria do Sindicato.

Quem participou da inauguração, expressou o sentimento de gratidão, como é o caso do Agente de Combate a Endemias, Wesley Cardoso Barbosa. Para ele, o Sindicato nem sempre tem o reconhecimento que merece, mas de forma prática, a Instituição tem mostrado o grande papel social dela, frente aos servidores. “Essa Sede própria é a prova disso, um sinal de boa administração e do respeito com o dinheiro de cada servidor filiado.”.

“ Todo esse dinheiro economizado não foi para usar em festas ou qualquer outra ação, mas foi para uso de algo sólido, que devolve para todos nós filiados, um benefício permanente. Isso é boa gestão e respeito com todos nós”, destacou a servidora Jeandra Brito, concursada no cargo de merendeira desde 2018.

Rosângela Araújo Rodrigues, trabalha como Dentista no município de Gurupi. São 17 anos oferecendo serviços em Gurupi. Ela fez questão de se filiar, por acreditar no trabalho sindical e hoje usufrui da Sede própria, na certeza que contribuiu para que esse sonho fosse realizado. “Vale a pena se filiar, precisamos cada vez mais unir forças e mostrar o potencial da nossa classe”, destacou Rodrigues.

Lutas constantes

Durante o encontro, a Presidente relembrou as lutas dos direitos dos servidores. A Presidente destacou uma das principais bandeiras, que são os Planos de Cargos, Carreiras e Remuneração dos Servidores Públicos (PCCR). Segundo a Presidente, desde 2021, o direito tem sido cobrado. Esse ano foi feita a primeira publicação do enquadramento dos servidores, após foi aberto prazo para recurso e depois disso não fizeram a divulgação do resultado deste e nem a publicação definitiva do enquadramento, entretanto, o Sindicato continua cobrando diariamente a finalização desse processo que está tendo uma morosidade muito grande sem nenhuma justificativa plausível.

Luciléia também destacou as questões referentes à DATA BASE, que esse ano ficou abaixo da inflação. De 10,06% (dez vírgula seis por cento), a Prefeita Josi Nunes não concedeu nem a metade e ainda dividiu em duas vezes de 2,5% (dois vírgula cinco por cento) em maio e setembro. “É uma desvalorização dos servidores, porque empobrece o funcionário, uma vez que a inflação foi maior e os salários não acompanharam isso. A nossa luta é diária e longa, mas com muita persistência e firmeza conseguiremos o respeito aos nossos direitos que hoje não estamos tendo.

Foi desrespeitoso e cruel o que o Executivo fez esse ano com a concessão da data base inferior à inflação e ainda dividido. Isso demonstra que os servidores não são prioridades para o gestor, portanto, também não são para nós servidores e saberemos dar a resposta no momento certo. Vamos continuar lutando e reivindicando nossos direitos.”, finalizou a presidente.
Para conhecer mais do trabalho do sindicato é só entrar na página oficinal o facebook, no link: https://www.facebook.com/sindicatodosservidorespublicosgpi

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.