logo

Conecte conosco

Sebrae lança editais do Inova Amazônia para atuação em sete estados brasileiros

Programa busca estimular startups, micro e pequenas empresas inovadoras a desenvolverem produtos e serviços sustentáveis

O Sebrae vai selecionar projetos para desenvolver negócios inovadores que fortaleçam a bioeconomia em sete estados que fazem parte do Bioma da Amazônia. O anúncio oficial do lançamento dos editais foi realizado ontem, 15, durante o painel “Floresta Mais e Inova Amazônia – O desenvolvimento econômico sustentável por meio da Inovação”, do 2ª Agrolab Amazônia, considerado o maior evento virtual voltado para o Agronegócio da Amazônia Legal. A submissão das propostas encerra no dia 2 de novembro.

A seleção faz parte do Programa Inova Amazônia, que tem como objetivo estimular startups, micro e pequenas empresas inovadoras a desenvolverem produtos e serviços sustentáveis, a partir dos recursos naturais da biodiversidade da região. Ao todo serão três editais que vão contemplar os estados do Amazonas, Roraima, Acre, Rondônia, Amapá, Maranhão e Tocantins. As inscrições estão abertas e seguem até o dia 2 de novembro.

Segundo o coordenador estadual de Inovação do Sebrae Tocantins, Rogério Maracaipe, o programa tem como objetivo estimular empreendimentos e novos negócios a pesquisar e utilizar, conscientemente, a biodiversidade, de maneira que seus recursos sejam renovados durante o uso. “É a primeira vez que aportamos diretamente recursos para quem tem ideia inovadora na área de Bioeconomia em diversos segmentos. Esse incentivo significa juntar ciência e tecnologia para a geração de negócios com olhar no uso sustentável dos recursos naturais, tornando seus produtos sinônimos de riqueza de desenvolvimento”, destacou.

Etapas

Na fase 1 serão avaliadas as propostas inovadoras. Os projetos selecionados receberão capacitação, preferencialmente, de forma on-line, durante um período dois meses, denominada pré-aceleraçāo. Já na etapa 2, é avaliado o projeto empresarial dentre os que foram selecionados anteriormente. Os selecionados receberão capacitação, denominada Aceleração, preferencialmente, de forma presencial, e apoio financeiro, por meio da Bolsa de Estímulo à Inovação, durante seis meses.

Bolsa

O valor de cada bolsa será de R$ 6.000,00 por mês, durante seis meses, em um valor total de R$ 36.000,00 para cada um dos dois sócios, a ser liberado em até seis parcelas, de acordo com o desempenho dos projetos acelerados conforme critérios definidos no Termo de Outorga a ser assinado entre as partes.

Conheça mais detalhes sobre o Inova Amazônia e os editais abertos em https://www.sebrae.com.br/inovaamazonia

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.