logo

Polícia Militar do TO é referência nacional em Identificação Veicular e Recuperação de Veículos furtados e roubados

O Tocantins caminha como referência nacional em identificação veicular, promovendo capacitação na área, tendo como instrutores os policiais militares, sargento Eder Murussi Leite e Danúbio Gonçalves de Lima que já ministraram o curso em 24 turmas nas diversas unidades da Polícia Militar do Tocantins e em mais oito turmas nos estados de Goiás, Amapá, Distrito Federal, Bahia e Maranhão.

A PM/TO instituiu o curso de Identificação Veicular (IDV) ainda no ano de 2016, e se tornou o pioneiro neste tipo de curso para policiais militares. O fluxo envolve o desenvolvimento de técnicas de identificação, análise de gravações, simbologias, e capacitação dos profissionais para que possam detectar qualquer adulteração nos veículos abordados.

Foto: Polícia Militar/Governo do Tocantins

Segundo o sargento Eder Murussi Leite, policiais de outros estados também participaram do curso nas edições realizadas no Tocantins, buscando a qualificação e o aprimoramento para atuação e abordagem de veículos.

“À medida que formávamos as turmas, vimos ficar rotineira a recuperação de veículos adulterados provenientes de furto ou roubo em todas as regiões do Tocantins. Independente da modalidade de policiamento [praia, eleições, festejos, etc], por todos os lugares havia algum militar com o olhar mais clínico sobre as fraudes veiculares. A partir da identificação veicular, veículos estão sendo recuperados e devolvidos aos seus respectivos proprietários no Brasil inteiro”, ressaltou o sargento Murussi.

Foto: Polícia Militar/Governo do Tocantins

“Um carro é roubado por minuto no Brasil. Temos muito trabalho a fazer. Mas ficamos contentes com o índice de recuperação do nosso estado que está entre os maiores em nível nacional, mostrando que a PM/TO utiliza com excelência a ferramenta proporcionada pelo Curso de Identificação Veicular”, complementou o sargento.

Foto: Polícia Militar/Governo do Tocantins

Para o 1º tenente da PM da Bahia, Glauber Santana, a Polícia Militar do Tocantins já é referência nacional em Identificação Veicular, na qual além de conhecimento técnico, os policiais possuem uma vasta experiência que é refletida no seu trabalho. “A Polícia Militar do Tocantins efetivamente pratica às técnicas de IDV em todas as suas abordagens a veículos, e isso é o que faz a grande diferença nos resultados obtidos”, destacou.

O capitão da Polícia Militar do Goiás, Renyson Castanheira, ao falar sobre o impacto gerado após o curso de IDV na sua unidade de atuação, que é o Comando de Operações de Divisas (COD), enfatizou que “o curso trouxe novos horizontes, transformou e otimizou a atuação policial no que tange as fraudes veiculares e documentais. Com a conclusão do curso aumentamos todos os índices proativos da nossa Unidade Policial Militar”.

Qualificação e Resultados

O Curso é primordial para todo e qualquer policial, dado o nível técnico elevado e em sua aplicabilidade no serviço operacional. Já foram qualificados 745 policiais militares desde a implantação do curso em 2016, sendo 534 tocantinenses e 211 dos outros estados. Com oito turmas já formadas em 2019, a previsão é que mais quatro turmas ainda sejam aprimoradas até o final do corrente ano.

O reflexo desse aprimoramento dentro do estado traz um índice de recuperação de veículos furtados/roubados de 76%. Dois a cada três veículos com registro são recuperados pela Polícia Militar do Tocantins.

Somente no ano de 2019, até o fim de julho, a PM já recuperou pelo menos 536 veículos furtados ou roubados, não considerando os veículos apreendidos em outras ocorrências como porte de armas de fogo, brigas ou envolvendo entorpecentes. Além disso, 119 veículos foram apreendidos com sinal identificador adulterado, onde geralmente remete a uma ocorrência de furto/roubo de veículo.

Jonas Amaral

Jonas Amaral - RP Nº: 911 - DRT / TO - Diretor Geral e Editor Chefe do Portal do Amaral – E-Mail: [email protected] – Tel. (63) 98471-7540 / 99975-7227 / WhatSapp: (63) 98471-7540

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.