logo

Conecte conosco

Kits de alimentos para estudantes da rede estadual de ensino já estão disponíveis nas escolas de quatro municípios do sul do Tocantins

Crixás do Tocantins, Aliança do Tocantins, Alvorada e Formoso do Araguaia foram os primeiros municípios a receber os alimentos

Estudantes da rede estadual, de cinco municípios tocantinenses, já podem retirar seus kits de alimentos em suas respectivas unidades de ensino. A distribuição iniciou nesta sexta-feira, 11, em Crixás do Tocantins, Aliança do Tocantins, Alvorada e Formoso do Araguaia, e se estenderá para todo o Estado. A ação é desenvolvida pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc).

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, que acompanhou as entregas em Alvorada e Formoso do Araguaia, apontou que o Estado tem realizado um trabalho voltado a atender as demandas do povo tocantinense. “Estamos fazendo uma gestão municipalista, nossas ações são desenvolvidas com foco na população, nos que vivem nas cidades e no campo. A entrega dos kits foi pensada para garantir que os alunos que estão fora das escolas, sem a alimentação escolar, possam contar com esse auxílio”, pontuou.

A titular da Seduc, Adriana Aguiar, destacou que a Pasta está trabalhando em várias frentes, da aquisição à entrega, para garantir que os alimentos cheguem aos estudantes. “O nosso objetivo é que os kits cheguem o mais rápido possível nas mãos dos alunos, por isso, todas as equipes das unidades de ensino estão mobilizadas. Um trabalho que foi feito de forma muito bonita nas duas etapas anteriores e que voltará a se repetir”.

A dona de casa Tatiane Sousa Pinto Santos Nascimento tem um filho matriculado no Colégio Militar do Estado do Tocantins – Adjúlio Baltahazar. Ela ressaltou que com a pandemia os filhos (dois filhos) têm ficado mais tempo em casa, o que aumenta a demanda de mais alimentação. “É  uma ajuda que chega em boa hora. Essa decisão do governo de entregar esses kits foi muito boa. Estou muito feliz”, comemorou.

A aposentada Mariuza José Lopes tem uma neta matriculada no Colégio Militar do Estado do Tocantins – Adjúlio Baltahazar. Ela lembrou que a alimentação escolar faz toda a diferença na vida dos estudantes. “É uma falta que faz a merenda escolar e esse kit substitui. Eu só quero parabenizar o governador, a secretária e toda a equipe da escola”.

Para a dona de casa Dirce das Graças Machado, que tem dois filhos matriculados na rede estadual, os alimentos entregues pelo Governo do Tocantins têm um significado todo especial. “Para mim é um equilíbrio, pois antes da pandemia eu conseguia fazer uns bicos e depois ficou mais difícil, então os kits suprem a diferença”, contou.

Sirlene Pereira de Paula, que trabalha como camareira, tem um filho matriculado na 1ª série do ensino médio, no Colégio Estadual Tiradentes. Ela comemorou o recebimento do benefício. “Mudei do Goiás para o Tocantins no final do ano passado, por conta da pandemia, por isso é a primeira vez que recebo esse kit para o meu filho. Acredito que vai ajudar muito”, ponderou.

Em Formoso do Araguaia, além dos alunos das unidades de ensino situadas na sede do município, os kits foram entregues nas escolas indígenas, onde serão atendidos 570 estudantes da Diretoria Regional de Educação, Juventude e Esportes.

Municípios

Só nesta sexta-feira 3.421 kits foram entregues nas unidades de ensino dos seguintes municípios – Crixás do Tocantins: Escola Estadual Olavo Bilac.

Aliança do Tocantins: Colégio Estadual Anita Cassimiro Moreno; Educandário Evangélico Jerusalém; Escola Estadual Nossa Senhora do Carmo; Escola Especial Amor Fraternal.

Em Alvorada: Colégio Militar do Estado do Tocantins – Adjúlio Balthazar; Colégio Estadual de Alvorada; Escola Estadual Ana Maria de Jesus; Escola Especial Raio de Luz.

Em Formoso do Araguaia: Colégio Estadual Benedito Pereira Bandeira; Colégio Estadual Tiradentes; Escola Estadual Gercina Borges Teixeira; Escola Indígena Sanawe; Escola Indígena Temanaré; Escola Indígena Tainã – Aldeia Canoanã; Escola Indígena Wahuri; Escola Indígena Ijanari; Escola Indígena Txuiri-Hinã; Escola Especial Anjo da Guarda; e Escola Indígena Watakuri.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.