logo

Conecte conosco

Equipes farão queimas controladas em margens de rodovias para evitar incêndios florestais

Projeto foi chamado de ‘Aceiro Negro’ e primeiras ações estão previstas para a próxima semana nas estradas do entorno de Palmas. Comitê do Fogo informou que fez testes de medidas semelhantes no ano passado e identificou bons resultados.

A partir da próxima semana, motoristas que passarem por rodovias no entorno de Palmas devem ficar atentos a medidas para evitar incêndios florestais que serão tomadas.

Equipes que integram o Comitê do Fogo vão começar a realizar no dia 27 de abril as ‘queimas controladas’ nas margens das rodovias. A ideia é realizar a queimada de faixas com até 10 metros a partir de cada lado das estradas.

O projeto foi chamado de ‘Aceiro Negro’. As primeiras vias a receber os trabalhos serão a TO-050, entre Palmas e Lajeado, TO-020, entre Palmas e Aparecida do Rio Negro, e TO-030, entre Taquaralto e Taquaruçu.

Uma versão piloto do mesmo projeto foi realizada em 2020 e de acordo com o Corpo de Bombeiros apresentou bons resultados. A queima controlada destrói a massa seca de mato e folhas que costuma ficar às margens das rodovias, sem esse material as queimadas que ocorrem em períodos de seca ficam sem combustível e não conseguem avançar.

“Nossa preocupação é com a fauna pequena, principalmente Tamanduá, Tamanduá Bandeira, Tamanduá Mirim, Raposas, Tatus, Pacas e répteis que se deslocam com mais dificuldade frente aos grandes incêndios. E quando a gente fala da flora, praticamente todo nosso esforço gira em torno da proteção de água, ou seja, naquela região (APA e Parque do Lajeado) tem muitas nascentes, sobretudo em Taquaruçu”, explica Warley Rocha, diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Naturatins.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.