logo

Conecte conosco

Em Dia do Trabalho, Sebrae reforça importância dos pequenos negócios para geração de empregos

Atualmente são mais de 110 mil pequenos negócios no Estado do Tocantins

Mesmo com a pandemia e os impactos econômicos causados pelas medidas de restrições para o combate do coronavírus, o número de pequenos negócios tem crescido no Tocantins. Atualmente são mais de 110 mil pequenos negócios no Estado, sendo 70% microempreendedores individuais (MEI) e 30% microempresas e empresas de pequeno porte (ME e EPP).

De acordo com o presidente do conselho deliberativo do Sebrae, Rogério Ramos, os pequenos negócios são os principais geradores de vagas formais, abrindo caminho para a recuperação da economia. “Parabenizamos todos os trabalhadores do Estado, mas, em especial, os empresários das micro e pequenas empresas, que têm sustentado a geração de emprego em um momento tão delicado quanto o que estamos vivendo”, afirma.

Conforme já divulgado pelo Sebrae, no primeiro bimestre do ano os pequenos negócios foram responsáveis por quase 90% dos empregos gerados no Estado em 2021, o que corresponde a um número oito vezes maior que os postos gerados pelas empresas de médio e grande porte. O levantamento foi feito a partir dos dados do CAGED do Ministério da Economia.

MEIs

Em relação aos microempreendedores individuais, os números de formalização no estado do Tocantins em 2020, aumentaram cerca de 8,5 % em relação ao ano de 2019, segundo dados do Portal do Empreendedor e Simples Nacional.

O estado encerrou o ano com cerca de 75 mil MEI, que atuam nos setores de serviços (42,3%), comércio (38,1%), construção civil (9,8%) e indústria (9,5%) Cerca de 800 empresas tiveram CNPJ baixado em 2020. Atualmente o estado possui cerca de 78 mil microempreendedores individuais.

Para o superintendente do Sebrae Tocantins, Moisés Gomes, o aumento gradual no número de formalizações demonstra o quanto a figura do microempreendedor individual conquistou seu espaço na economia formal, por sua versatilidade e baixa burocratização, sendo uma alternativa de renda para muitas famílias.

A diretora técnica Eliana Castro reforçou o papel do Sebrae atuando ao lado dos pequenos negócios. “Temos intensificado nossas ações através de cursos, consultorias e atendimentos on-line e presencial, além de firmar parcerias com o poder público para tornar o ambiente cada vez mais favorável aos pequenos negócios”, pontua a diretora.

Leia mais sobre o Sebrae – Tocantins

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.