logo

Conecte conosco

alunos do curso técnico de Gurupi terão Engenorte como empresa madrinha

Os alunos do curso Técnico em Eletrotécnica da unidade de Gurupi (TO) agora terão uma empresa madrinha para ajudar na inserção no mercado de trabalho.

O projeto é de autoria do Senai. A ideia é contar com o apoio de empresas parceiras que, após adesão, observam o desempenho dos alunos no curso em questão. Os que mais se destacarem podem ser aproveitados no quadro pessoal da empresa, se atingirem o perfil desejado.

Para a turma de Gurupi, que tem cerca de 30 alunos, a empresa madrinha será a Engenorte. As aulas começam no final de janeiro e a empresa acompanhará o curso pelos próximos dois anos. Após a formação, a Engenorte vai abrir seleção de talentos entre os estudantes egressos e, dependendo do desempenho, os alunos já podem conquistar a primeira oportunidade de trabalho.

A gerente do Senai de Gurupi, Núbia Almeida, explica que o projeto da empresa madrinha visa aumentar a inserção de alunos egressos na indústria tocantinense e mostrar o potencial desses futuros profissionais.

Núbia Almeida, gerente do Senai de Gurupi “Queremos proporcionar aos alunos a vivência de forma prática dentro da indústria, com situações semelhantes que eles poderão enfrentar na vida profissional deles dentro da empresa parceira. Com isso, automaticamente, quem ganha é a empresa pela promoção desse intercâmbio técnico-pedagógico.” 

O município já teve mais de 90 alunos beneficiados com o projeto da empresa madrinha. No ano passado, três alunos saíram diretamente do curso de Técnico em Administração para uma empresa parceria, elevando o número de alunos egressos do Senai nas indústrias.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.