logo

Conecte conosco

Controladoria recebe visita técnica de estudantes de Gestão Pública do IFTO

Ação promove aproximação do órgão de controle com a sociedade, realiza o intercâmbio de informações e amplia a percepção sobre a importância da atuação da Controladoria

Estudantes do curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Campus Gurupi, no sul do Estado, realizaram visita técnica à sede da Controladoria-Geral do Estado do Tocantins (CGE), na quarta-feira, 18. Na ocasião, os estudantes conheceram o trabalho desempenhado pela Controladoria-Geral do Estado e os setores responsáveis pelo controle interno; ouvidoria e transparência; e correição.

O secretário-chefe da CGE, Senivan Almeida de Arruda, fez uma breve apresentação sobre o trabalho desempenhado em cada setor e a atuação geral da pasta. “Ficamos satisfeitos em ver a comunidade acadêmica buscando o órgão de controle interno estadual como referência para contribuir com a formação dos futuros gestores públicos. Isso é um sinal muito positivo e que tem consonância com o perfil de transparência e de promoção do controle social da gestão do governador Wanderlei Barbosa”, afirmou.

A apresentação contou com a participação dos responsáveis das três áreas: a corregedora-geral do Estado, Simone Pereira Brito; o superintendente de Gestão e Ações de Controle Interno, Benedito Martiniano da Costa Neto; e a ouvidora-geral do Estado, Arely Soares Carvalho Telles.

Vivência

De acordo com o professor do curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública José Wellington Abreu, a visita foi uma oportunidade para os estudantes vivenciarem na prática o que é visto nas disciplinas teóricas. “A visita proporcionou a visualização da atuação dos gestores públicos. Isso se soma à visão integral da gestão pública que procuramos trabalhar em sala de aula”, afirma o professor.

A atuação preventiva da Controladoria-Geral do Estado chamou a atenção da estudante Regina Mariano Paiva. “A vinda aqui na CGE acrescentou muito à minha visão sobre a gestão pública. O que mais me chamou atenção foi o órgão trabalhar no sentido não só de punir, mas de orientar e auxiliar os gestores a agirem com ética, eficiência e transparência”, enfatiza a estudante.

Equipe

Também participaram das atividades com os estudantes do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Campus Gurupi, os diretores de Responsabilização, Tatiane Dias Medeiros (de Entes Privados) e Luciano Alves Ribeiro (de Agentes Públicos); de Controle da Gestão Governamental e Prevenção à Corrupção, Kilvânia Rodrigues de Melo; e de Auditoria e Fiscalização, Eva Moreira Martins; além das gerentes de Transparência e Controle Social, Marcela Barreto da Silva; e de Articulação e Gestão de Ouvidorias, Sílvia Simone Sakita.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.