logo

Chefes de unidades socioeducativas participam de 2º Encontro do Curso de Formação de Gestores em Socioeducação

O Curso de Formação de Gestores em Socioeducação é ofertado pela Escola Superior de Formação e Qualificação Profissional, ligada à Superintendência de Administração do Sistema de Proteção dos Direitos da Criança e do Adolescente. 

Para dar continuidade a formação e capacitação dos gestores de unidades socioeducativas do Estado, a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), através da Superintendência de Administração do Sistema de Proteção dos Direitos da Criança e do Adolescente e da Escola Superior de Formação e Qualificação Profissional, está realizando o 2º Encontro do Curso de Qualificação a chefes de unidades socioeducativas do estado. A capacitação foi iniciada na terça-feira, 11, e segue até às 18h desta quarta-feira, 12, no Anexo da Seciju, em Palmas.

O curso, iniciado em maio deste ano com a apresentação do primeiro módulo, é dividido em quatro etapas. O segundo módulo, que norteia este encontro, apresenta o tema: “Introdução aos Conceitos e Fundamentos da Política de Socioeducação, Projeto Pedagógico e Segurança Socioeducativa”. Nesta quarta-feira, 12, as aulas são voltadas para a segurança socioeducativa. Mais dois módulos da formação serão ofertados ainda este ano, o terceiro está previsto para o início do segundo semestre de 2019 e abordará a prática da gestão.

Segundo a gerente da Escola Superior de Formação e Qualificação Profissional, Rute Andrade dos Santos, a finalidade deste módulo é capacitar os chefes de unidades do Sistema Socioeducativo a respeito das medidas socioeducativas, das redes socioassistenciais e dos projetos políticos pedagógicos. “O objetivo é qualificar os gestores de unidades sobre esses temas tão relevantes para o Sistema Socioeducativo. Sendo que é importante para eles terem um conjunto de ferramentas sobre o que é política, e aplicá-las na gestão das unidades”, pontua.

O chefe do Centro de Internação Provisória (Ceip) Masculino de Palmas, Edgar Macena Soares, destaca que esse momento é ideal para sanar dúvidas e trocar experiências junto aos colegas, sendo muito proveitoso para todos. “Temos várias dificuldades dentro das unidades, e aqui é o lugar que estamos tendo orientação de como conduzir os problemas. Realizando esses debates, tirando dúvidas e juntos chegando a algumas soluções”, disse.

Para Edgar, a iniciativa da formação fará toda a diferença na gestão das unidades ao final do curso. “A Escola está de parabéns por essa iniciativa, e creio que após o último módulo do curso não seremos os mesmos, teremos mais facilidade para resolver qualquer problema que venha surgir dentro da unidade”, garantiu.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.