logo

Conecte conosco

Caseiro é preso após atirar para intimidar colega que se recusou a cozinhar para ele, diz PM

Segundo a polícia, os dois bebiam juntos antes do crime acontecer. O caseiro confessou o delito e foi levado à delegacia

Um homem de 38 anos foi preso em Tocantinópolis, na região norte do Tocantins, por ameaça. De acordo com a Polícia Militar (PM), o suspeito trabalha como caseiro em uma fazenda e fez disparos de arma de fogo após outro funcionário da propriedade se recusar a fazer comida para ele.

O crime aconteceu na noite desta quinta-feira (12). A polícia diz que o suspeito e o outro trabalhador bebiam juntos e que, em determinado momento, o caseiro pediu que o colega cozinhasse. O homem se recusou e por isso foi ameaçado de morte. Para intimidar a vítima, o suspeito também atirou. Ninguém ficou ferido.

Os militares chegaram ao local, na zona rural da cidade, após a vítima fazer uma denúncia.

Eles entraram no imóvel e encontraram, com o caseiro, uma arma de fogo, além de 26 munições calibre .22 e três cápsulas deflagradas. O homem confessou a autoria dos disparos e foi preso.

Após ser detido, o homem e os materiais apreendidos foram levados à delegacia de plantão.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.